Aerofagia (gases) e seus tratamentos naturais

O que é Aerofagia

Deglutição ruidosa e salivação exagerada. Sensação dolorosa de intumescimento do estômago, aliviada pela devolução de gases pela boca. Uma parte do ar pode passar para o intestino grosso, provocando, então, a aerocolia.

Sinais e sintomas da Aerofagia

A aerofagia pode ter a  aparência  de uma crise de asma ou de uma falsa angina do peito, porque o coração e os pulmões se deslocam para cima de seu lugar normal.

Causas da Aerofagia

Em certos  casosa aerofagia é consequência de uma gastrite, de  ulcera de estômago ou ainda  de inflamação da vesícula biliar.

Tratamentos naturais da aerofagia

Acupuntura

Este tratamento deve ser indicado e feito por um especialista.

Balneoterapia

Lavar a parte  superior  do corpo com água fria de manhã e à noite.

Dieta

Comer devagar e com calma.

Beber pouco, suprimindo as bebidas gasosas artificiais.

[wpb-product-slider posts="12" title="Compre em nossa loja"]

Substituir o pão comum por pão torrado. Evitar farináceos, legumes secos, queijos fermentados. Suprimir os frios, os ensopados, o repolho, a couve-flore os feculentos.

Como bebida, aconselham-se 2 a 3 copos de suco de repolho entre as refeições ou 1 copo de suco de batata ao dia.

Ergoterapia

Em casa de crise aguda de aerofagia:  deitar de bruços num  divã   ou na cama.

Em fase não  aguda, fazer ginástica abdominal para fortificar a parede muscular.  Não negligenciar a ginástica respiratória para fortalecer o diafragma. Depois das refeições,  deitar-se do lado esquerdo para desbloquear   a cárdia,  abri-la, permitindo assim que o ar saia para cima (a cárdia  é o orifício superior do estômago que o liga ao esôfago, perto do coração,  daí seu nome).

Adotar também a posição chamada de “prece  maometana” ou de “atirador  agachado”: o busto descansando sobre a parte plana da cama, as nádegas para cima e as pernas em ângulo reto,  de maneira a possibilitar a subida  da bolsa de ar. Muito  eficaz quando  se esta só e não se teme o ridículo.

Fitoterapia

  • Coriandro   (sementes):    infusão  de 15 g por  litro; tomar 2 xícaras ao dia;
  • Funcho (sementes): infusão de 50 g por litro; deixar descansar 20 minutos; tomar 3 xícaras ao dia;
  • Orégano (planta  florida); Decocção de 30 g por litro;  tomar 3 xícaras ao dia;
  • Verônica (extremidades floridas): Infusão de 60 g por litro; deixar descansar 15 minutos;  tornar 3 xícaras ao dia;

Homeopatia

  • Carbo vegetabilis  C4:  Tomar 3 glóbulos  a cada meia hora,  em casa de crise;
  • Moschus D3 (líquido): Tomar 15 a 20 gotas antes das refeiçoes, a título preventivo.

Massoterapia

É particularmente eficaz em casa de crise de aerofagia bloqueada. O tratamento deve ser feito a critério do especialista.

Psicoterapia

Aconselha-se sobretudo os exercícios de relaxamento, pois a aerofagia é um distúrbio típico de doença da civilização.

Vertebroterapia

Recomenda-se  massagens na região dorso-lombar, de acordo com o método asiático Kuat-Son.  Percutem-se certas  zonas  reflexas  sobre as vértebras das costas e na altura dos rins, a fim de criar bons reflexos, e permitir que a digestão se faça com facilidade. O tratamento deve ser feito a critério do especialista.

Tratamentos diversos da Aerofagia

Para expelir o ar, mascar uma piteira sem cigarro, o que provoca movimentos benéficos do esôfago.

Aplicar cataplasmas de argila sobre a boca do estômago, 2 horas depois da refeição (retirar 1 hora antes da refeição seguinte).

Tomar também 1/2 colher de café de argila em 1/2 copo de água, meia hora antes da refeição.

Técnica especial para tratamento da aerofagia no lactante

A conformação geral da cabeça do lactente varia de indivíduo para indivíduo. Esse fator influi sobre a forma do palato, que provoca maior ou menor deglutição de ar: um bebé de cabeça alongada, estreita, terá uma abobada palatina mais ou menos côncava, podendo, às vezes, chegar à forma ogival, caso em que toda deglutição é acompanhada pela entrada de ar. Ora, é muitíssimo freqüente engolirmos até cem vezes por hora, mesmo durante o sono. Isto pode formar uma bolsa de ar no estômago do lactente, causando, então , muitos e dolorosos problemas digestivos e , às vezes, até vômitos.

Se não se pode modificar a abobada palatina, excessivamente côncava, é possível em qualquer caso, evitar que ela se aprofunde mais. A morfologia do palato é modelada pela sucção. Para formar adultos livres de aerofagia e bebés com boa digestão, há 2 soluções:

  • a amamentação natural, que permite manter uma boa conformação das arcadas alveolares;
  • o uso de bicos de mamadeiras anatômicos, que imitem as condições de sucção do seio materno.

Medicamentos para a aerofagia

Os tratamentos naturais podem ajudar a resolver a maior parte dos nossos problemas de saúde. Mas nem sempre é possível contar apenas com eles. Por isso indicamos alguns medicamentos não naturais que podem ser empregados. Mas lembre-se: sempre consulte um médico antes de utilizá-los.

Voltar ao índice de Sintomas, possíveis doenças e tratamentos sugeridos

Deixe uma resposta