Alergia a medicamentos – Primeiros Socorros

Quase todos os medicamentos podem causar uma reação adversa em algumas pessoas. Reações à maioria dos medicamentos são incomuns, mas podem ir de uma mera irritação à fatalidade. Algumas reações (como as erupções) são verdadeiras reações alérgicas. A maioria, entretanto, é de efeitos colaterais de uma droga específica, caracterizando-se por boca seca ou cansaço. Algumas são efeitos tóxicos das drogas, como dano hepático. Outras reações ainda são pouco compreendidas. Seu médico determinará a natureza das reações e o que fazer a respeito.

A penicilina (e seus similares ou derivados) são responsáveis por muitas reações alérgicas a drogas, indo de ligeiras erupções a urticárias e imediata anafilaxia. A maioria das reações é representada por erupções pouco importantes.

As drogas mais prováveis de causar reações incluem sulfas, barbitúricos, anti-convulsivos, insulina e anestésicos locais. Todas elas são medicações comuns, eficazes e úteis. As reações ocorrem numa minoria. Se você estiver tomando qualquer uma delas sem ter problemas, não interrompa o uso. Além disto, contrastes usados em algumas radiografias que ajudam a definir órgãos importantes contêm iodo e podem causar reação alérgica.

Quase um milhão de brasileiros, principalmente adultos, reagem, a uma droga comum, a aspirina. Embora não seja uma verdadeira alergia, imita uma e pode ser séria.

Sinais e sintomas de alergia a medicamentos incluem o seguinte:

  • Chiado e dificuldade respiratória;
  • Erupções, urticária, coceira generalizada;
  • Choque.

A penicilina (e seus similares ou derivados) são responsáveis por muitas reações alérgicas a drogas, indo de ligeiras erupções a urticárias e imediata anafilaxia

Cuidados com alergia a medicamentos

  • Evite medicamentos que causem reação alérgica;
  • Caso você tenha uma reação grave, aprenda os nomes das drogas aparentadas;
  • mantenha um papel com você informando a quais medicamentos você tem alergia
  • Alerte os médicos de sua sensibilidade antes de um tratamento;
  • Relate possíveis reações ao médico. Elas podem ocorrer dias após a interrupção do uso de um medicamento;
  • Leve um anti-histamínico quando viajar.

 

Atendimento médico em alergias a medicamentos

As reações mais comuns aos medicamentos – erupções, coceira e urticária – são tratadas com anti-histamínicos ou, ocasionalmente, cortisona.

A maioria das alergias é incurável. A alergia à penicilina é uma exceção. Em alguns casos, esta sensibilidade pode se reduzir tanto que a pessoa consegue tolerar o medicamento. Pequenas quantidades da droga são ministradas lentamente, aumentando as quantidades para dessensibilizar a resposta imunológica.