Anabolizantes, gasto de até R$ 400,00 em um ciclo

Os rapazes que participam da conversa, em roda, na noite de sexta-feira, em uma academia no Centro de Belo Horizonte, não fazem questão de falar baixo: “Tá pensando o quê? Quem gosta de carregar peso é jumento. Eu quero é resultado!”, diz um deles, enquanto ergue o braço e dá três tapinhas no bíceps. Os companheiros acham graça, enquanto matam o tempo entre uma e outra série de exercícios de musculação. Para garantir o efeito desejado, vale, no caso deles, recorrer a produtos conhecidos popularmente como “bombas”.

Embora o uso de esteroides anabolizantes seja limitado à prescrição médica no Brasil, a prática é muito mais comum do que se imagina. Quem deseja crescer rápido, sem “puxar ferro” – no jargão próprio –, costuma investir até R$ 400 na compra das bombas. O preço dos frascos varia de R$ 30 a R$ 60. “Com 12 mililitros (ml) já se consegue resultado. Temos que fazer a mistura do Deca (Decabolin) com a Dura (Durateston). Quando termina o ciclo, em seis semanas, a gente consegue ganhar até 10 quilos dependendo da dieta”, afirma Antônio, que falou com a reportagem, mas pediu para não ser identificado. Conforme ele ensina, no uso caseiro, na segunda e na sexta-feira, aplica-se 1ml de Deca e na quarta-feira, 1ml de Dura.

Os anabolizantes podem ser comprados a qualquer hora e a reportagem acompanhou a transação pelo telefone na semana passada. “Você tem o Deca?”, perguntou Antônio ao vendedor. A entrega é quase que imediata, praticamente uma hora depois da ligação. Basta combinar o horário para buscar a droga. Para que o comércio ilícito não seja desbaratado, a entrega só é feita para quem já faz parte do clube. Tudo se passa em muitas lojas de suplementos e academias, que não levantam qualquer suspeita. O comércio é feito de maneira ilícita e os vendedores procuram se certificar de que apenas os usuários irão comprar para evitar os flagrantes. A aplicação também é feita na surdina entre os amigos. Outro jovem que conversou com a reportagem explicou os efeitos no corpo que os jovens, que se submetem a essa substância, buscam. “O Winstrol V é uma substância para secar, pode ser usada em animais e ajuda a eliminar a gordura”, afirma Daniel, que também prefere não se identificar.

O jovem sofreu com o aparecimento de furúnculos por todo o corpo depois que aplicou a substância. “Fui ao médico, fiz exames de sangue que comprovaram que eram por causa do uso de uma substância que não fazia parte do meu corpo, os anabolizantes. Depois disso, usei mais uma vez e quando apareceu uma pontinha similar ao do primeiro furúnculo, me assustei e parei”, revelou.

Anabolisantes nocivos a saúde

Podem ser consideradas bombas os esteroides anabolizantes, os hormônios do crescimento e até mesmo os suplementos alimentares, embora esses tenham efeitos bem menos nocivos. Os esteroides são drogas sintéticas usadas para substituir o hormônio masculino testosterona fabricado pelos testículos. Agem sobre o organismo de duas maneiras – no crescimento da musculatura (efeito anabólico) e no desenvolvimento das características sexuais masculinas (efeito androgênico). Os hormônios sintéticos para aplicação em animais, principalmente em cavalos, integram-se a esses grupos e também são usados de maneira indiscriminada por quem deseja ganhar massa muscular sem fazer muito esforço.

 


Fonte: Estado de Minas, 07/02/2010

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*