Anorexia, além de outros males, causa a diminuição do cérebro

Para quem sempre esteve de bem com o prato e com a balança, sem preocupações, a anorexia é uma famosa disfunção alimentar na qual a pessoa come menos do que o necessário para ser saudável, por se perceber muito mais gorda do que realmente é.

As consequências desse problema vão além do sistema digestivo: depressão, problemas nos dentes, diminuição da libido, problemas de crescimento e, sim, danos à massa cinzenta do cérebro.

Felizmente um estudo da Universidade Yale descobriu que esses danos são reversíveis. Eles acompanharam pessoas que haviam se curado da anorexia um ano antes, e todos os problemas neurais decorrentes da anorexia tinham sido reparados.

Eles compararam 32 mulheres anoréxicas com 21 saudáveis, das quais tiraram ressonâncias magnéticas. As 32 anoréxicas iniciaram um tratamento para ganhar peso durante um mês, e o volume da massa cinzenta foi subindo ao longo dos meses, até se estabilizar em níveis quase normais. O volume médio de massa cinzenta de um adulto é saudável é 680 ml. No início do tratamento, as anoréxicas apresentavam 648 ml. Depois de um mês, a média subiu para 663 ml.

a massa cinzenta fica na superfície do cérebro (o córtex), e não deve ser confundida com a massa branca, que, grosso modo, é o cérebro “propriamente dito”. Mesmo assim, estudos mostram que há também diminuição real no tamanho do cérebro em casos avançados de anorexia.


Fonte: adjorisc.com.br, 31/05/2010

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*