Apneia do sono – a perda de peso pode ser o mais indicado

A apneia do sono é um distúrbio ventilatório que não permite que o indivíduo repouse durante o sono. A doença está associada a aumento da mortalidade por doença cardiovasculares e diabetes. Uma pesquisa vinda da Suécia mostra que perder peso pode ser a primeira opção para tratar a apneia, quando se consegue um emagrecimento eficiente e rápido.

 O tratamento utiliza estratégias mecânicas e clínicas. Aparelhos de fisioterapia que precisam ser usados durante toda a noite e placas bucais que modificam a posição da mandíbula funcionam bem. Mas a médio e longo prazo a utilização desses aparelhos se mostra difícil de ser mantida.

 O trabalho realizado no Instituto Karolinska e publicado na revista “British Medical Journal” tem o mérito de avaliar o impacto da perda de peso no tratamento da apneia do sono comparado aos métodos tradicionais.

 Pacientes obesos e acima do peso foram encaminhados para perda de peso ou tratamento tradicional. A dieta utilizada restringiu de forma rígida a quantidade de carboidratos, com pequena quantidade de calorias diárias.

 O estudo procurou medir o impacto da intervenção dietética em um período curto, apenas 3 meses.

 O grupo que fez a dieta perdeu peso como era esperado, porém o inusitado foi o efeito sobre o problema respiratório. A metade dos pacientes melhorou de forma significativa dos sintomas respiratórios e quase 20% ficou livre do problema.

 A mudança de hábitos e a perda de peso costumam fazer parte do tratamento e têm como importante efeito o controle de outras doenças que acompanham a obesidade.

 A pesquisa comprova de forma científica o que se observa na prática clínica diária. O grupo estudado foi pequeno e portanto deverá servir como modelo para estudos maiores e com maior duração para comprovação efetiva dos resultados obtidos.


Fonte: Globo.com

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*