Asfixia por engasgo – Primeiros Socorros

A pessoa se engasga quando há uma obstrução na passagem respiratória da garganta ou da traquéia. Esta situação exige tratamento de emergência para evitar inconsciência ou morte.

Engasgo, doença cardíaca ou outros problemas podem provocar a parada do coração e da respiração. A respiração e a circulação sanguínea precisam ser restauradas imediatamente (ver ressuscitação cardiopulmonar) para que a vida da pessoa seja salva.

Como reconhecer uma asfixia por engasgo

O engasgo costuma ser o resultado de alimento mal mastigado que se aloja na garganta ou traquéia, e na maioria das vezes a causa são alimentos sólidos como carnes.

A vítima de asfixia por engasgo costuma levar as mãos ao pescoço e assumir uma expressão de medo ou terror. Pode ficar roxa, olhos esbugalhados. Geralmente, as pessoas que se engasgam estão conversando enquanto mastigam um pedaço de alimento. Dentaduras também podem provocar isto, pois interferem com a sensibilidade da boca em relação aos alimentos que estão sendo mastigados. O alimento não consegue ser tão bem mastigado com uma dentadura quanto com dentes naturais, porque a dentadura exerce menos pressão.

Pânico é outra sensação que acompanha a asfixia por engasgo. O rosto da vítima de engasgo costuma assumir uma expressão de medo ou terror. Primeiro, ela pode ficar roxa, os olhos esbugalhados e ter a respiração ofegante.

Se algum alimento seguir o canal errado, o reflexo de tossir resolve o problema. Na verdade, a pessoa não está engasgando se conseguir tossir livremente, tiver coloração normal e conseguir falar. Se a tosse for mais como uma respiração entrecortada e a pessoa estiver ficando azul, é bem provável que esteja engasgando.

Se houver dúvida, verifique se ela consegue falar. Em caso afirmativo, a traquéia não está completamente obstruída e o oxigênio está chegando aos pulmões. Uma pessoa engasgada não consegue se comunicar, a não ser por gestos.

O sinal universal de engasgo é uma das mãos segurando a garganta, com os dedos estendidos. Uma pessoa que exiba este sinal requer tratamento imediato e não pode ser deixada sem atendimento.~

 

A manobra de Heimlich para socorrer a vítima de asfixia por engasgo

A manobra de Heimlich é o melhor método conhecido para se remover um objeto da via aérea de uma pessoa engasgada. É possível usa-la em si próprio ou em outra pessoa. São estas as etapas:

  1. Fique atrás da pessoa que está engasgada e coloque os braços ern volta da cintura dela. Incline-a ligeiramente para a frente;
  2. Feche o punho de uma das mãos, colocando-o logo acima do umbigo da pessoa;
  3. Segure a mão fechada com a outra mão e pressione o abdômen com um empurrão rápido, direcionado para cima. Repita este procedimento até que o objeto seja expelido da via aérea.

Se precisar executar esta manobra em si mesmo, posicione o punho ligeiramente acima do umbigo. Agarre a mão fechada com a outra mão e empurre o abdômen para cima até que o objeto seja expelido, ou então incline-se sobre o encosto de uma cadeira para obter este efeito.

A manobra de Heimlich pode ser feita com a vítima sentada ou até mesmo desacordada, só não pode deixar de ser feita

One thought on “Asfixia por engasgo – Primeiros Socorros

  1. Pingback: As informações sobre os Primeiros Socorros » Blog Archive Asfixia por engasgo – Primeiros Socorros - - Saúde & Força

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*