Catapora ou varicela, sintomas e tratamento

Catapora (ou varicela) é uma doença contagiosa, muito comum na infância, causada pelo vírus da varicela que é também o causador do herpes zoster ou cobreiro.

O período de incubação pode ser tão curto como alguns dias e tão longo como 3 semanas, e o paciente é considerado ‘contagioso’ enquanto tiver lesão cutânea.

Apesar da catapora ter fama de “doença benigna”, isto não é bem assim: a mortalidade em crianças normais é baixa, algo como um a dois casos/100.000 e se o quadro ocorre em adultos o risco aumenta pelo menos 15 vezes. Se o paciente, adulto ou criança, tiver algum defeito em seu sistema de defesa imunológica, o risco é muito maior.

Sintomas da catapora

A catapora começa com febre alta (maior ou igual a 39º C), seguida em um a 3 dias por lesões de pele muito típicas: vesículas com um halo vermelho em volta, que contêm um liquido claro, que logo fica escuro e a lesão evolui para cascas escuras.



A catapora coça. As lesões costumam aparecer primeiro no tronco e depois se espalham pelo corpo. Tipicamente ocorrem vários surtos de lesões de pele, de modo que podemos encontrar, no mesmo doente, as lesões iniciais, as vesículas em todas fases de evolução e as cascas.

As lesões podem também aparecer em mucosa, como na boca e na vagina, além da pele. Em raros casos, mais comuns em crianças com defesa imunológica comprometida, as lesões ficam roxas, hemorrágicas, e a varicela hemorrágica é uma doença muito grave, com mortalidade não desprezível.

Em alguns casos pode ocorrer lesão neurológica, chamada de ataxia cerebelar, que se manifesta como tontura, náuseas, vertigens, tremores e dificuldade para andar. Esse quadro pode ocorrer de uma a 3 semanas após o início da catapora e, em geral, se resolve bem.

Mais grave é a pneumonia pelo vírus da catapora, que pode levar à insuficiência respiratória, com necessidade de tratamento hospitalar. Isto, outra vez, é mais comum em imunodeprimidos e em adultos, mas acontece também em raros casos de crianças normais.

A infecção das lesões de pele pode levar a infecções graves, inclusive a septicemia.

A catapora em recém nascido é muito grave, especialmente se adquirida da mãe que a desenvolveu nos dias que antecedem o parto.

Foto mostrando bebê com catapora

A catapora em recém nascido precisa ser acompanhada com muita atenção devido a sua gravidade nesse estágio da vida da criança

O herpes zoster é a reativação do vírus da catapora em adulto que teve a doença na infância. Pode causar muita dor e, tipicamente, as lesões de pele surgem no trajeto de um nervo. Em paciente imunodeprimido, pode se espalhar e virar algo muito parecido, senão igual, à varicela.



Tratamento da catapora

Hoje existem tratamentos muito efetivos para o vírus da varicela: uma droga chamada aciclovir e uma vacina, muito efetiva, mas que não consta da rotina do serviço publico de vacinação da infância.

No caso do herpes zoster existem algumas localizações que exigem tratamento, como o herpes zoster oftálmico que pode lesar a córnea e o grande problema é tratar ou prevenir a neurite pos herpética (dor intensa que fica depois da doença).

6 thoughts on “Catapora ou varicela, sintomas e tratamento

  1. muiito bom.
    tirei uma otima nota no trabalho de biologia 😉 vlw.

  2. mtumtu mtu booooom ;]
    Parabeens
    so q naaum intendi mtu o tratamento

  3. essa para quem catapora nao deixe de ir ao medico tem casos isolados mias a receita funcina nos casos da catapora

  4. cuidados do tempo da vovo nao de ovo peixe feijao não pegar vento sol use permaganato em agua DILUIDA maizena parqa aliviar as coceira

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*