Chikungunya, nova doença do mosquito da dengue

Se já não bastasse os problemas causados pela dengue, o mosquito Aedes Aegypti também é o responsável pela transmissão do vírus que causa a febre Chikungunya com sintomas parecidos com os da dengue como febre alta e dores intensas nas articulações das mãos e pés, que podem se prolongar semanas, meses ou até mesmo anos, impossibilitando a pessoa de desenvolver sua rotina.

Os sintomas da doença aparecem no período de três a sete dias. Cinco dias após o aparecimento dos sintomas o doente não oferece mais risco de transmissão da doença, caso seja picado por um mosquito. A taxa de mortalidade é considerada baixa, menos de 1%, inferior a da dengue. O maior problema parce ser as dores intensas nas articulações.

O tratamento é a base de paracetamol e anti-inflamatório e a recuperação costuma ocorrer em até dez dias. Pacientes com menor idade costumam ter uma recuperação mais acelerada.

Originalmente a febre Chikungunya é original do Sudeste Asiático e da África mas recentemente foram registrados casos dela no país. Os três primeiros casos no país foram registrados de agosto a outubro, sendo dois homens e uma mulher. Os infectados foram um homem de 41 anos, do Rio de Janeiro e um paulista de 55 anos, que viajaram para a Indonésia, e uma mulher de 25 anos, que esteve na Índia.

A transmissão ocorre somente por meio do mosquito infectado. Não passa pelo contato de uma pessoa com outra.

Mosquito aedes, responsável pela transmissão da dengue e agora podendo contaminar com uma nova doença a febere chikungunya

One thought on “Chikungunya, nova doença do mosquito da dengue

  1. O site é ótimo ,Adorei ,faço Enfermagem e todos os artigos estão me ajudando muito.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*