Câncer de laringe – sintomas, diagnóstico e tratamento

O câncer de laringe (também conhecido como câncer de garganta) compreende de 2 a 5% de todos os casos relatados de tumores malignos. Afeta nove vezes mais os homens do que as mulheres e o grupo de maior risco compõe-se, majoritariamente de pessoas da raça negra, com faixa etária superior a 50 anos, fumantes e consumidores regulares de bebidas alcoólicas.

Fumar aumenta em muito o risco de câncer de laringe. Estudos realizados nos Estados Unidos mostram que pessoas que fumam até 10 cigarros por dia têm 4,4 vezes mais chance de desenvolver tumor na laringe do que um não fumante.

A triste realidade é que não basta deixar de fumar para diminuir esse risco: somente após 15 anos de deixar de fumar a pessoa o ex-fumante passa a ter a mesma probabilidade de vir a ter um câncer de laringe como de quem nunca fumou.

O fumo, associado ao álcool traz um aumento ainda maior de uma pessoa vir a ter um câncer de laringe.

Felizmente o câncer de laringe é um um dos mais curáveis entre os que atingem o trato aerodigestivo superior.

Se você acredita que esteja com esse tipo de câncer, procura fazer todos os exames bem como o tratamento apontado pelo seu médico o mais rápido possível. Não desanime pois são muito maiores as chances de cura de um câncer quanto mais rápido ele for tratado.

Existem dois tipos de câncer de laringe:

  • os limitados as pregas vocais, sem comprometimento dos tecidos vizinhos;
  • de outros tipos, situados em outras regiões ou acompanhados por alterações nos movimentos das pregas vocais.

A evolução desses dois tipos de câncer é diferente.

  • o câncer de laringe limitado a prega vocal cresce de modo lento e apresentam metástases tardiamente.
  • o câncer de laringe de outros tipos difunde-se de modo rápido e se espalha precocemente para os linfonodos (gânglios linfáticos) do pescoço.

Sintomas do câncer de laringe

Os sintomas do câncer de laringe dependem de sua localização. Os situados nas pregas vocais provocam rouquidão precocemente, ao passo que os demais podem causá-la bem mais tarde, em geral precedida por uma sensação de inchaço ou de corpo estranho na garganta, desconforto ou tosse.

Nas fases avançadas, ocorre tosse persistente, escarro com sangue, dor reflexa para o ouvido, dificuldades ou dor na deglutição e aumento dos gânglios cervicais pelas metástases.

Diagnóstico do câncer de laringe

O câncer de laringe manifesta-se principalmente pela rouquidão constante. Na maioria dos casos, o diagnóstico não é feito nos estágios iniciais, pois o paciente (normalmente fumante) atribui as alterações de voz ao cigarro e não procura o médico.

Quando ocorre imobilidade da laringe pelo tumor, instala-se a falta de ar.

Tratamento do câncer de laringe

Existem vários métodos para o tratamento do câncer de laringe, entre as quais: cirurgia, radioterapia e quimioterapia. A escolha depende de muitos fatores, tais como a localização e aspecto do tumor, idade e estado de saúde geral do paciente.

As chances de cura aumentam sensivelmente quando se faz a identificação do tumor ainda em seus estágios precoces.

Estima-se a sobrevida em 5 anos, incluindo todos os estágios da doença, para 68% dos pacientes, o que torna esse tipo de tumor um dos mais curáveis entre os que atingem o trato aerodigestivo superior.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*