Câncer de mama: veja dicas para prevenir a doença

Mais frequente após a menopausa, o câncer de mama é o que mais causa mortes entre as mulheres no Brasil. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca) o câncer de mama de caráter familiar (genético) corresponde a apenas 10% do total de casos da doença. A idade constitui um outro importante fator de risco. A menarca precoce, a menopausa tardia, a ocorrência da primeira gravidez após os 30 anos e a nuliparidade (não ter tido filhos), constituem também fatores de risco para o câncer de mama.

Veja algumas dicas de como prevenir o câncer de mama e evitar maus hábitos que podem acelerar o desenvolvimento desse câncer como o excesso de peso, o álcool e o cigarro:

Evitar o excesso de peso diminui o risco de câncer de mama

A obesidade aumenta o risco de câncer de mama após a menopausa, quando o câncer de mama ocorre com maior frequência. Evitar ganhar peso progressivamente. Tente manter um índice de massa corporal inferior a 25.



Abrace uma dieta rica em vegetais e frutas e pobre em bebidas com açúcar, carboidratos refinados e alimentos gordurosos. Coma proteína magra, como peito de frango ou peixe e consuma carne vermelha com moderação. Coma mais grãos integrais. Prefira os óleos vegetais aos de gorduras animais.

Símbolo da campanha de prevenção ao câncer de mama

Com a prática de rotinas saudáveis a mulher consegue reduzir bastante o risco de ter câncer de mama

Pratique atividades físicas diminui o risco de câncer de mama

Pesquisas sugerem que o aumento da atividade física, mesmo quando iniciado mais tarde na vida, reduz o risco de câncer de mama de 10% a 30%. É preciso um exercício moderado, como caminhar 30 minutos, cinco dias por semana para conseguir esse efeito protetor.

Beba pouco ou nenhum álcool

O uso de álcool está associado ao aumento do risco de câncer de mama. As mulheres devem limitar a ingestão.

Reposição hormonal aumenta o risco de desenvolver câncer de mama

A terapia de reposição hormonal aumenta o risco de câncer de mama. Se você deve tomar hormônios para controlar os sintomas da menopausa, evite aqueles que contêm progesterona e limite o uso a menos de três anos. Hormônios bioidênticos, cremes hormonais e géis não são mais seguros do que os hormônios da prescrição e também devem ser evitados.

Converse com seu médico sobre tomar medicamento bloqueador de hormônios

Mulheres com história familiar de câncer de mama ou que tenham mais de 60 anos devem conversar com seu médico sobre os prós e contras de drogas que bloqueiam hormônios como o tamoxifeno e o raloxifeno.

Não fume – uma dica evidente

Estudos garantem que fumar a longo prazo aumenta o risco de câncer de mama em algumas mulheres. Busque ajuda para largar o vício se for necessário.



Amamente durante o maior tempo possível

Mulheres que amamentam seus bebês por pelo menos um ano têm um risco reduzido de desenvolver câncer de mama mais tarde.


Fonte: clicrbs.com.br, 09/10/2010

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*