Como começar o ano novo emagrecendo

Ano novo, vida nova, corpo novo, calça nova — e com tamanho bem menor. Quando dezembro se despede, a procura por consultórios de endocrinologia aumenta em 50%. O motivo é sempre o mesmo: emagrecer. Segundo Claudia Pieper, uma das coordenadoras de Pós-Graduação em Endocrinologia da PUC, o mês de janeiro é propício para atingir o objetivo. Além das festas já terem passado, o verão é um ótimo motivador para quem quer perder os quilinhos extras.

“As pessoas procuram o tratamento para ficarem bonitas para o verão e o Carnaval. Elas já chegam com vontade de transformar a vida, têm uma meta de emagrecimento. É fundamental, no entanto, emagrecer com saúde”, afirma.

Pieper explica que, para perder peso, é necessária uma reeducação alimentar. Em casos mais graves, pode-se recorrer a medicamentos permitidos pela Associação Brasileira de Estudos sobre a Obesidade (Abeso), como a sibutramina. Já ‘tratamentos de choque’, como os SPAs, não são aconselhados. Segundo a médica, o ideal é que o processo de emagrecimento seja feito aos poucos, sem exageros, para que a pessoa consiga manter-se magra futuramente. “A cirurgia de redução do estômago também só deve ser pensada depois de já se ter tentado outras alternativas, e em casos de risco de morte”, orienta.

Para ser manter magro segredo é evitar excesso

A nutricionista e pesquisadora do Instituto Estadual de Endocrinologia e Diabetes, Wilma Amorim, afirma que quem está com dez quilos acima do peso deve evitar frituras, açúcares e fast food. Segundo a profissional, comer carne em excesso também prejudica pessoas que desejam emagrecer. O segredo, explica, é comer poucas quantidades em intervalos de quatro horas, não deixando de lado nenhum grupo alimentar. “Evite volumes grandes de comida no prato. O certo é distribuir os alimentos em café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar”, ensina, ressaltando que o ideal é procurar ajuda profissional e unir a dieta à prática de exercícios.

“Toda perda de peso é maior nos primeiros meses e, depois, vai sendo reduzida. Por isso também é importante ser persistente. Tenha em mente que emagrecer é possível, basta querer de verdade”, conclui.

EXERCÍCIOS

Praticar atividades físicas ajuda a emagrecer mais rápido e a manter o corpo. Quando você se exercita, desenvolve massa muscular magra e queima gorduras.

COMECE EM JANEIRO

Quem ainda não começou uma reeducação alimentar deve esperar passar o Ano Novo, depois que as festas terminarem. O ideal é se organizar para iniciar a dieta imediatamente após o dia 1º de janeiro. Nesta data, procure escolher uma sobremesa, um tipo de carne e reduza os beliscos.

MUDE OS HÁBITOS

Evite fazer as refeições assistindo televisão, na frente do computador ou em pé. Concentre-se nos alimentos que você está comendo para não exagerar.

MASTIGUE BEM

Observe: quem está acima do peso costuma comer rápido. Isso prejudica a digestão, que começa na boca, e a saciedade. O ideal é mastigar, no mínimo, dez vezes antes de engolir a comida.

NÃO COMPENSE

Troque os açúcares por alimentos light e diet, mas evite a compensação. De nada adianta o alimento ter menos calorias, se você triplicar a porção. Ao invés de emagrecer, engorda.

“Já perdi as contas de quantas vezes tentei emagrecer. Todo fim de ano é a mesma coisa, prometo que no ano seguinte vou começar uma dieta rígida. Dessa vez eu sei que será diferente e vou conseguir, pois estou me planejando pra isso. Já fui ao endocrinologista e ao nutricionista, sei o que devo comer e as quantidades certas. Minha meta inicial era emagrecer 15 quilos. Cinco já foram. Até abril, vou eliminar mais dez.”


 

Fonte: O Dia, 28/12/2009

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*