Comprimido para queda de cabelo pode causar impotência sexual

Um comprimido muito utilizado em tratamentos para a queda de cabelo pode estar associados a impotência sexual conforme reportagem publicada pela BBC. Se você utiliza o medicamente chamado Propecia para combater a queda de cabelo, pode estar na hora de consultar seu médico…

A calvície, cientificamente designada por alopecia, caracteriza-se pela queda anormal do cabelo, normalmente ocorre numa zona específica. O problema afeta 0,2% da população mundial.

O tratamento com Propecia tem elevadas taxas de sucesso (9 em cada 10 homens não voltaram a ter queda de cabelo depois do tratamento durante 5 anos), mas médicos citados pela BBC dizem que as informações sobre efeitos secundários não são suficientes.

A BBC relatou  a história de James , britânicos de 26 anos, que tomou o medicamento Propecia, verificou que a queda de cabelo tinha parado mas também surgiram efeitos colateriais: começou a ter dificuldades em ter uma ereção mas a situação acabou por agravar-se e depois de ter deixado de tomar o medicamento, ficou completamente impotente.

Mais tarde James consultou um médico que lhe recomendou um tratamento de testosterona. O tratamento não resultou e a única solução parecer ser submeter-se a um implante do pénis.
Médicos na Irlanda e nos Estados Unidos já confirmaram que estes casos não são isolados e que a Propecia deve ser reavaliada.

Tratamento para a queda de cabelo com o medicamento Propecia parece estar relacionado a casos de impotência sexual

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*