Conheça a esquizofrenia, uma doença mental bastante comum

A esquizofrenia surge, habitualmente, no final da adolescência ou no início da idade adulta. O início pode ser repentino ou lento. No primeiro caso, a doença manifesta-se de forma rápida, evoluindo num curto período de tempo (dias ou semanas). No segundo caso, a doença aparece lentamente e o seu diagnóstico pode demorar bastante tempo (meses ou anos). O início lento torna difícil detectar a doença.

Fase aguda da esquizofrenia

É na fase aguda que se vão manifestar os sintomas característicos da esquizofrenia.

Geralmente, nesta fase, quando os doentes são levados a uma consulta de psiquiatria, a doença já evoluiu consideravelmente, pelo que o internamento acaba por ser muitas vezes necessário.

Estabilização e manutenção da esquizofrenia

Depois da intervenção terapêutica, o doente entra numa fase de tratamento de manutenção e de prevenção de recaída.

Durante esta fase, podem existir alguns sintomas da doença, que são facilmente controlados com a medicação adequada, ajustada pelo psiquiatra. A medicação torna-se bastante importante para prevenir recaídas.

Recaída da esquizofrenia

Ao longo do tempo, podem surgir recaídas. Tentam evitar-se as recaídas o mais possível, mas nem sempre é possível.

Em casos de recaída, é de extrema importância que se intervenha o mais rápido possível. A rápida intervenção permite evitar internamentos.

Existem alguns sinais de recaída da esquizofrenia, dos quais se podem destacar:

  • Comportamento estranho ou bizarro
  • Agitação, agressividade ou medo
  • Isolamento, recusa em sair de casa ou de estar com os outros
  • Abandono do trabalho ou da escola
  • Descuido da higiene pessoal ou da aparência
  • Insónia ou perturbações do sono
  • Ideias estranhas ou discurso incoerente
  • Alteração da sensibilidade à luz ou ao barulho
  • Excessivas preocupações religiosas
  • Dificuldade na concentração ou “olhar fixo no vazio”
  • Abuso do álcool ou outras substâncias, exageros ou restrições alimentares

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*