Creatina natural X creatina como suplemento

Nosso organismo produz naturalmente creatina. Então por que os atletas profissionais obtêm tantos benefícios ao ingerí-la como suplemento ? Porque os atletas vegetarianos precisam ainda mais ingerí-la como suplemento alimentar?

A creatina fosfato é produzida naturalmente pelo organismo a partir da ingestão de carne e tem a função de fornecer a energia que os músculos precisam. O corpo sempre tem uma reserva da substância, que é usada como energia rápida quando alguma atividade física é praticada. Após uma série de musculação, por exemplo, as pessoas sentem fadiga.

É sinal que a reserva de creatina do corpo acabou . Mas, depois da alimentação,  há reposição da substância.

A creatina como suplemento alimentar é requisitada pelos praticantes de atividades físicas para adiar a fadiga e prolongar os exercícios de curta duração que exigem muita força. Ao garantir um suprimento extra da substância no organismo, o usuário se exercita mais e melhora a performance e amplia a massa muscular.

A venda sem receita médica do produto havia sido suspensa em 2005 sob alegação de que causaria disfunção renal. Essa suspeita, porém, jamais se confirmou. Não há efeito colateral em pessoas saudáveis comprovado cientificamente e qualquer praticante de atividade física estaria apto a usar o complemento.

No entanto, os atletas vegetarianos tem necessidade de usá-la como suplemento alimentar pois a creatina natural é produzida pelo organismo apenas com a ingestão de carne, o que eles não fazem.

One thought on “Creatina natural X creatina como suplemento

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*