Creatina: obtenção através de suplemento X alimentação natural

Provavelmente você já ouviu falar da creatina e dois inúmeros benefícios que ela traz para quem deseja ganhar músculos e aumentar sua performance em atividades esportivas, que exijam explosão muscular.

Você também deve saber que o organismo sintetiza creatina naturalmente. Então porque a necessidade de consumir a creatina como suplemento alimentar ?

A Creatina é um derivado natural de um aminoácido produzido naturalmente pelo organismo (sintetizado) no fígado, pâncreas e rins, proveniente da glicina, arginina e methiona. A partir daí é transportado para a corrente sanguínea e primariamente para o tecido muscular. É armazenado como phosphocreatina (quando se liga a um fosfato). Mais de 90% da Creatina é armazenada nos músculos, com quantidades menores presentes no coração, cérebro e testículos (nos homens). Um adulto comum armazena cerca de 120 gr de Creatina.

Quanto preciso comer para ter a mesma dose de creatina obtida via suplemento ?

Para igualar a dose típica proveniente de suplementos alimentares, aproximadamente 5 gramas, é necessário comer cerca de 1 Kg de bife de vaca cru não cozido.

Em adição à Creatina produzida pelo próprio organismo, a maioria dos produtos animais contêm Creatina, ainda em que baixas quantidades, como as carnes vermelhas e alguns peixes.

As necessidades diárias de um individuo que não faça nenhuma atividade física ou levantamento de pesos são de cerca de 2 gramas por dia.  1 grama é obtido através da dieta comum e a outra grama é sintetizada pelo organismo.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*