Cáries podem ser transmitidas pela saliva

Uma pessoa com cárie, muitas vezes é rotulada como uma pessoa com baixa higiene bucal, que não cuida como deve da boca, mas segundo dentistas, esse não é o único meio de apresentar os dentes cariados.

Um dos meios menos conhecidos de contrair a cárie é através da saliva e mesmo mantendo uma higiene bucal regular, você estará sujeito à cárie. Segundo a dentista Karina Parise, "cárie é uma doença infectocontagiosa multifatorial, caracterizada pela destruição da estrutura do dente", e pode se instalar por vários fatores, como a dieta, higiene, bactérias e a resistência imunológica e dentária de cada pessoa.

Nos primórdios, a prevalência da cárie dentária era baixa, em decorrência da existência de uma dieta rica em alimentos fibrosos e frutas, além do fato de que os alimentos eram ingeridos crus. Todavia, após a descoberta do fogo e sua subsequente utilização para o cozimento dos alimentos, constatou-se um aumento percentual na prevalência da cárie dentária, resultante das modificações ocorridas na dieta humana e os principais fatores foram as transformações sócio-econômicas e culturais ocorridas em todo o mundo.

Idade para a transmissão de cáries

A transmissão não possui idade, "assoprar para esfriar a comida do bebê ou usando o mesmo talher ou escova de dente" já são suficientes para que haja a transmissão da cárie, assim como a ingestão de sacarose (açúcar). Até o simples fato de beijar favorece a transmissão da cárie, sendo assim, as crianças podem apresentar a bactéria causadora da cárie logo no início da vida entre os 12 e 19 meses, o que faz com que a criança apresente a cárie por volta dos seus três anos.

O microorganismo responsável pela transmissão, conhecido como Streptococus Mutans, assim como as demais bactérias, se instala na saliva o que facilita a transmissão.

Por isso a saúde bucal é tão importante, a cárie é só um dos riscos que o contato salivar pode acarretar, entre outros problemas estão: transmissão de tuberculose, amigdalite bacteriana, monucleose, herpes labial e até hepatite.

Os problemas acarretados pela cárie são diversos. Com ela vem a sensibilidade e dor, além de facilitar a entrada de bactérias nocivas e a instalação de outras cáries em dentes próximos. O único meio de evitar é ter uma higiene bucal eficaz.  Manter uma dieta baixa em açúcar também é extremamente importante

Karina aconselha o máximo de cuidado com o dente, pois, uma vez apresentada a cárie, o único meio de tratamento é a remoção feita em um consultório por um cirurgião-dentista restaurando o dente, isso evita que a cárie atue no mesmo local . "A cárie nunca aparece sob a restauração, o que pode ocorrer é uma infiltração ao lado ou próximo ao local restaurado e assim agredir o esmalte dentário, fazendo com que o dentista refaça a restauração e a aumente.


Fonte: oliberalnet.com.br, 26/05/2010

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*