Dengue, veja algumas dicas para prevenir essa doença

A Dengue parece ser uma doença tipo vai-e-vem no Brasil. O número de casos aumenta em épocas de chuva e cai um pouco quando fixa mais seco. O número de casos no país, neste ano, já ultrapassa a casa dos 700 mil, no último levantamento realizado pelo Ministério da Saúde de janeiro a maio – 120% a mais em comparação aos mesmos meses de 2009.

Como pouco é feito em termos de combate ao mosquito transmissor pelos orgãos de Saúde Pública você pode evitar a doença com medidas simples de prevenção dentro da sua própria casa. E lembre-se a dengue pode até matar…

A dengue é uma doença transmitida pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus. Seus sintomas são febre aguda que se caracteriza por um início repentino, permanecendo por 5 a 7 dias.

O doente apresenta dor de cabeça intensa, dores nas articulações e musculares, seguidas de erupções cutâneas 3 a 4 dias depois. Surge sob a forma de grandes epidemias, com grande número de casos. A seguir, veja como prevenir a reprodução do mosquito transmissor: 

 

Veja as dicas para evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue

Evite acúmulo de água em recipientes vazios – o mosquito da dengue se cria aí

Evite o acúmulo de água em embalagens vazias como garrafas e latas. O mosquito da dengue põe seus ovos em locais com água parada. Pneus abandonados também são locais tradicionais de procriação dos mosquitos da dengue.

Além disso, deixar depósitos como garrafas no seu quintal pode fazer com que, em dias de chuva, a água se acumule nesses locais e o mosquito comece a se criar.

 

Água acumulada em pneus abandonados é uma tradicional foco de mosquitos da dengue

Acúmulo de água em vasos de plantas são ótimos para o mosquito da dengue

As plantinhas podem ser inimigas da sua saúde, se não houver cuidado. Evite ter plantas aquáticas. Nas plantas normais, coloque também terra nos pratinhos das plantas, para evitar que a água fique parada e o mosquito da dengue coloque ovos e procrie.

 

Calhas de água – outro lugar ótimo para o mosquito da dengue

Desobstrua calhas e cubra a caixa d´água. Tais medidas não exigem uma reforma na sua casa, mas são capazes de evitar a dengue.

As calhas são um perigo quase invisível, pois, quando entupidas, são um ótimo criadouro para o mosquito e que sequer podemos ver. Além disso, limpe também marquises e rebaixos de banheiros e cozinhas, para evitar o acúmulo de água.

 

Ralos dentro de casa – o mosquito da dengue pode ser inquilino deles…

Os ralos da sua casa podem representar um criadouro dos mosquitos. Nos ralos, jogue, a cada quinze dias, desinfetante nos ralos externos das edificações e, nos internos, pouco utilizados. Também evite guardar pneus velhos, que acumulam água com facilidade.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*