Dieta Atkins ou dieta da proteína, reformulada e conquistando novos adeptos

A controvertida dieta da proteína (ou dieta Atkins) está repaginada e vem conquistando novos adeptos nos Estados Unidos. Os responsáveis são três médicos americanos, que avaliaram mais de 150 estudos sobre alimentação e emagrecimento e criaram uma versão, mais fácil e mais saudável, da famosa dieta da proteína. O plano alimentar descrito no livro "The New Atkins for a New You!", lançado este mês nos Estados Unidos ainda é difícil de seguir, principalmente para os amantes de pães e doces, mas pelo menos ficou mais saudável. As mudanças no cardápio também ajudam a minimizar os efeitos colaterais da dieta, entre eles as dores de cabeça, a fraqueza e a constipação.

A principal mudança no cardápio é a quantidade de carne consumida diariamente. Sai de cena a antiga recomendação de encher o prato de bife, frango ou peixe. Agora, em cada refeição, é permitida apenas uma pequena porção destes alimentos, que vai variar de acordo com seu tamanho e sexo. Mulheres, por exemplo, só poderão comer 340 gramas de carne (ou dois filés pequenos) por dia. A outra diferença é que nesta versão da dieta valem algumas frutas, como o morango e a framboesa, e até mesmo o pão. Para os autores, é possível perder até 7 quilos em um mês de dieta.

O grande problema da dieta da proteína – ou qualquer dieta que exclui um grupo alimentar – é o efeito sanfona. Para contornar o eterno emagrece e engorda, o plano alimentar ficou mais flexível. Diminuir drasticamente a ingestão de carboidratos e açúcar ainda é a principal recomendação, mas os
vegetais passam a ser permitidos desde o primeiro dia, e o plano tem agora uma versão vegetariana. Nozes, grão de bico, feijão e lentilhas ficam liberados a partir da segunda semana. Depois que o paciente perde um número específico de quilos (que vai depender do quanto ele quer emagrecer),
voltam ao cardápio os pães e a massa. O café, que era proibido na primeira versão da Atkins, pode ser consumido com moderação.

Suco de frutas, refrigerantes, alimentos com farinha branca ou açúcar (pão, biscoitos, macarrão e doces), alimentos diet ou light, chicletes e até balas diet estão fora da dieta, assim como qualquer alimento com gordura hidrogenada ou trans.

One thought on “Dieta Atkins ou dieta da proteína, reformulada e conquistando novos adeptos

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*