Dieta das Cores – promessa de emagrecer 7 kg em 20 dias

Chega de sofrer. Você não está fadada a viver com esses chatíssimos quilos extras para sempre – e, mais importante, dá para perdê-los sem ter de se entregar a regimes mirabolantes, que farão você passar fome por alguns dias até não aguentar mais e desistir. Conheça agora o oposto disso: a Dieta das Cores, método de reeducação alimentar que é sucesso nos Estados Unidos.

Elaborada pelo nutricionista David Heber, da Universidade da Califórnia, ela consegue ser eficiente e saborosa ao mesmo tempo. Para se ter uma ideia, basta dizer que é possível eliminar até 7 kg em apenas 20 dias comendo mais do que o normal! O segredo? Aproveitar os efeitos poderosos dos sete grupos de cores de alimentos, que, além de fazer você secar, darão mais energia, deixarão a pele mais bonita e irão combater doenças como câncer e diabetes. Está na hora de caprichar nas cores e dar adeus às gordurinhas!

As quatros razões da dieta das cores

  1. Em países onde o consumo de frutas e verduras atinge 450 g por dia, o risco de desenvolver um tipo comum de câncer é reduzido em 50%;
  2. Quase 90% dos casos de câncer são causados por "defeitos" do DNA acumulados ao longo dos anos. Eles podem ser evitados facilmente com o aumento do consumo de folhas e legumes nas refeições principais;
  3. Mais de 90% de todos os tipos de diabete estão associados a excessos na alimentação;
  4. Grande parte das doenças da velhice são combatidas com o consumo regular de verduras, frutas e hortaliças.

Cor bege no prato ? Tô fora!

Fica mais fácil engordar, comendo somente pratos beges.
Ao preparar uma refeição, seu prato fica bem apagadinho, cheio de alimentos da cor bege? Se sim, está na hora de você ligar o sinal de alerta! Isso porque é muito mais fácil engordar fazendo pratos assim – afinal, a ingestão excessiva desse tipo de comida faz com que as células dupliquem em um ritmo superacelerado. Além disso, eles aumentam as probabilidades de danos ao DNA e a liberação de substâncias inflamatórias causadoras de doenças.
Pobres em vitaminas, fibras e minerais, os alimentos da cor bege dão uma falsa sensação de saciedade. "O importante é não abandonar os alimentos saudáveis mesmo aos fins de semana. Nos churrascos ou almoços de família, complemente a refeição com saladas e frutas", diz a nutricionista Mércia Strong, de São Paulo.

Nada de passar fome

Nem pense que, ao adotar a Dieta das Cores, você será obrigada a se contentar com um prato mirrado de salada. Pelo contrário: o truque está em substituir alimentos calóricos por outros com maior valor nutritivo e menos calorias. Por exemplo: começar o dia com uma xícara de café e um pão não é nada recomendável – afinal, come-se pouco e ingere-se muitas calorias, o que fará você sentir fome novamente em pouco tempo.

Isso já não acontece quando optamos por uma refeição reforçada, que privilegia cereais, fibras, vitaminas e proteínas. Elas estendem a sensação de saciedade apesar de terem quantidade menor de calorias. Assim, o emagrecimento é uma consequência rápida! "Por não ser restritiva, esta dieta é muito mais fácil de ser seguida", diz a nutricionista Roberta Stella, de São Paulo.

Grupos de alimentos coloridos

Conheça em qual grupo – branco, laranja, verde ou vermelho – se encaixam os alimentos e aprenda a equilibrar a sua alimentação. Segundo o nutricionista David Heber, criador da Dieta das Cores, o ideal é consumir, no mínimo, um alimento de cada um dos sete grupos coloridos por dia. Abaixo, conheça o poder escondido por trás de cada um deles

1-Branco

Alho, cebola, aipo, pera e vinho branco
Poder
Fortalece ossos e sistema imunológico.
Os alimentos dessa cor contêm minerais, vitaminas B6 e carboidratos. Por isso, ajudam na renovação das células e no fortalecimento do sistema imunológico, protegendo o corpo de doenças. Também levam cálcio e fósforo, que auxiliam na manutenção dos ossos e na elasticidade dos músculos.

2-Laranja

Cenoura, manga, damasco e abóbora

3-Laranja/Amarelo

Laranja, tangerina, pêssego, mamão e nectarina
Poder
Visão e pele perfeitas
Cheios de betacaroteno e pró-vitamina, os alimentos dos grupos 2 e 3 estimulam a queima de gordura e mantêm a saúde da visão e dos tecidos. Já a vitamina C aumenta a produção do colágeno e tem ação antioxidante.

4-Verde/Amarelo

Espinafre, mostarda e milho
Poder
Energia pura
A clorofila presente nos alimentos dos grupos 4 e 5 aumenta a oxigenação das células, estimulando o nosso metabolismo e a queima de calorias. Além disso, faz o fígado produzir enzimas que decompõem substâncias causadoras do câncer.

5-Vermelho

Tomate e melancia

6-Vermelho/Roxo

Uva, morango e vinho tinto
Poder
Combate câncer e estresse
O licopeno existente nos alimentos dos grupos 5 e 6, quando associado à vitamina C, tem ação antioxidante, auxilia na prevenção do câncer e diminui os efeitos do estresse. Também ajuda no combate de doenças cardíacas, pois inibe a formação de coágulos.

Siga o menu sugerido pelo nutrólogo Alexandre Gomes de Azevedo, de São Paulo, para colorir suas refeições e perder até 7 kg em 20 dias

Dia 1

Café da manhã: 1 copo de leite desnatado, batido com banana e morango.
Almoço: 2 filés de frango grelhados / 1 xícara (chá) de brócolis / 10 tomates cereja / 1 pimentão amarelo cortado em fatias finas.
Lanche: 1/2 melão médio.
Jantar: 1/2 xícara (chá) de arroz integral cozido no vapor / Salada de grão-de-bico ou alface / 1/2 lata de atum.
Ceia: 1 nectarina.

Dia 2
Café da manhã: 1/2 xícara (chá) de cereal ou granola / 1 xícara (chá) de leite desnatado / 1 xícara (chá) de uvas escuras.
Almoço: 2 xícaras (chá) de alface / 170 g de atum enlatado / 2 xícaras (chá) de vagem cozida / 1 tomate fresco.
Lanche: 1 laranja.
Jantar: 1 peito de frango grelhado / Salada à vontade / 1/2 xícara (chá) de arroz integral.
Ceia: 1/2 manga fresca.

Dia 3
Café da manhã: 1 xícara (chá) de mingau de aveia / 1 xícara (chá) de suco de laranja.
Almoço: 1 fatia de pão integral / 85 g de peito de peru light / 1 tomate fatiado / 1 xícara (chá) de salada de hortaliças picadas.
Lanche: 1 xícara (chá) de amora.
Jantar: 200 g de sardinha grelhada / 1 xícara (chá) de hortaliças cruas.
Ceia: 1 xícara (chá) de melão em cubos, salpicado com hortelã.

Dia 4
Café da manhã: 1 fatia de pão integral / 1 colher (sobremesa) de ricota / 3 fatias de peito de peru light / 1 xícara (chá) de abacaxi.
Almoço: 1 hambúrguer de soja / 2 fatias de pão integral / 1 xícara (chá) de salada de repolho e pimentão.
Lanche: 1 e 1/2 xícara (chá) de morango fresco.
Jantar: 1 filé de pescada / 2 xícaras (chá) de hortaliças / 1 xícara (chá) de cenoura cozida no vapor.
Ceia: 1 pera.

Dia 5
Café da manhã: 1/2 mamão papaia / 1 colher (sobremesa) de granola / 1 fatia de peito de peru light / 1 fatia de pão integral.
Almoço: 2 peitos de frango sem pele / 2 xícaras (chá) de brócolis / 2 cenouras em tiras / 1/2 xícara (chá) de arroz integral.
Lanche: 1/2 xícara (chá) de frutas vermelhas.
Jantar: 1 lata de atum / Salada à vontade.
Ceia: 1 kiwi.

Dia 6
Café da manhã: 2 fatias de peito de peru light / 1 fatia de pão integral / 1/2 melão.
Almoço: 1 lata de atum / 2 pães sírios / 2 cenouras médias raladas / 1 xícara (chá) de folhas verdes / 1 xícara (chá) de suco de hortaliças.
Lanche: 1 banana pequena.
Jantar: 1 filé de frango / 1/2 xícara (chá) de arroz integral / 1 xícara (chá) de repolho.
Ceia: 1 pote de iogurte desnatado.

Dia 7
Café da manhã: 1 xícara (chá) de salada de frutas / 1 pote de iogurte natural / 1 fatia de pão integral.
Almoço: 2 xícaras (chá) de alface e espinafre / 2 tomates fatiados / 2 ovos cozidos / 2 fatias de peito de peru light / 3 torradas integrais.
Lanche: Vitamina com 1 xícara (chá) de leite desnatado + 1/2 banana + 2 colheres (chá) de mel + 1 punhado de morangos.
Jantar: 1 peito de frango grelhado / 1/3 xícara (chá) de milho / 2 xícaras (chá) de brócolis, espinafre ou cenoura cozidos no vapor / 1 xícara (chá) de melancia cortada em cubos.
Ceia: 1 pote gelatina light


Fonte: mdemulher.com.br

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*