Doping, veja todas as substâncias consideradas pela ANAD

O doping é um termo bastante comum no meio esportivo e refere-se ao uso de substâncias naturais ou sintéticas que melhoram do desempenho dos atletas em competições. A utilização pela via oral, venosa ou cutânea realizada antes ou durante uma competição é considerada um ato ilícito e o atleta que o praticou é excluído da disputa.

A lista de substâncias consideradas doping é elaborada no Brasil pela ANAD (Agência Brasileira Anti Doping) e deveria ser conhecida por todos os atletas de elite, seus preparadores bem como médicos responsáveis. A alegação de desconhecimento que uma substância é considerada doping não tradicionalmente não tem servido como fator de absolvição em julgamentos de caso de doping.

O doping é toda substância que potencializa o desempenho muscular, energético e aumentam a resistência do atleta. Os atletas que as utilizam estão em vantagem em relação aos demais que competem honestamente.

Além disso, o uso dessas substâncias pode gerar problemas de saúde relacionados aos sistemas respiratório, cardíaco ou renal e alguns casos até mesmo câncer.

O doping é toda substância que potencializa o desempenho muscular, energético e aumentam a resistência do atleta. Os atletas que as utilizam estão em vantagem em relação aos demais que competem honestamente.

A lista abaixo é das substâncias atualmente proibidas de serem usadas em competições esportivas. Mas lembre-se que ela tende a crescer e vale uma consulta a ANAD antes de se decidir pelo uso de alguma coisa nova:

Substâncias consideradas como doping pela ANAD

Narcóticos

Canabinóides

Glicocorticóides

Beta-2 agonistas

Moduladores e antagonistas hormonais

Diuréticos e outros agentes mascarantes

Esteróides anabólicos androgênicos:

  • Androstenediol
  • Bolandiol
  • Bolasterona
  • Boldenona
  • Boldiona
  • Calusterona
  • Clostebol
  • Danazol
  • Dehidroclorometiltestosterona
  • Desoximetiltestosterona
  • Drostanolona
  • Estanozolol
  • Estembolona
  • Etilestrenol
  • Fluoximesterona
  • Formebolona
  • Furazabol
  • Gestrinona
  • 4-hidroxitestosterona
  • Mestanolona
  • Mesterolona
  • Metandienona
  • Metandriol
  • Metasterona
  • Metenolona
  • Metildienolona
  • Metil-1-testosterona
  • Metilnortestosterona
  • Metiltestosterona
  • Metribolona
  • Mibolerona
  • Nandrolona
  • 19-norandrostenediona
  • Norboletona
  • Norclostebol
  • Noretandrolona
  • Oxabolona
  • Oxandrolona
  • Oximesterona
  • Oximetolona
  • Prostanozol
  • Quimbolona
  • 1-testosterona
  • Tetrahidrogestrinona
  • Trembolona
  • Prasterona
  • Testosterona

Hormônios peptídicos, fatores do crescimento e semelhantes:

  • Eritropoietina
  • Gonadotrofina Coriônica (hCG) e Hormônio Luteinizante (em homens)
  • Insulinas
  • Corticotrofinas

Estimulantes:

  • Adrafinil
  • Amifenazol
  • Anfepramona
  • Anfetamina
  • Anfetaminil
  • Benfluorex
  • Benzfetamina
  • Benzilpiperazina
  • Bromantan
  • Clobenzorex
  • Cocaína
  • Cropropamida
  • Crotetamida
  • Dimetilanfetamina
  • Etilanfetamina
  • Famprofazona
  • Femproporex
  • Fencamina
  • Fendimetrazina
  • Fenetilina
  • Fenfluramina
  • Fenmetrazina
  • Fentermina
  • Furfenorex
  • Mefenorex
  • Mefentermina
  • Mesocarb
  • Metanfetamina (D-)
  • Metilenodioxianfetamina
  • Metilenodioximetanfetamina
  • Metilexanamina (dimetilpentilamina)
  • Modafinil
  • Norfenfluramina
  • P-Metilanfetamina
  • 4-fenilpiracetam (carfedon)
  • Prenilamina
  • Prolintano

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*