Emagrecimento: como a programação neurolinguística pode lhe ajudar

O friozinho do inverno sempre rende ao cardápio muitas calorias extras. Mas o verão já bate à porta, e com o calor vêm as preocupações com o visual. Os quilinhos a mais começam a incomodar e logo se chega a conclusão de que é preciso emagrecer. Mas antes de se entregar a dietas restritivas – e muitas vezes perigosas para a saúde -, que tal relacionar os mecanismos fisiológicos que ligam os pensamentos e emoções à forma física?

A Programação Neurolinguística é baseada na ideia de que corpo e mente formam um sistema integrado, ou seja, o que você pensa afeta o seu corpo, e o que você faz com o seu corpo afeta a sua mente. A disciplina nos oferece várias ferramentas para que possamos desenvolver atitudes congruentes para enfrentar as limitações e obstáculos que nos impedem de atingir nossos objetivos.

Cada pensamento que a pessoa tem sobre a vida, sobre si mesmo ou sobre o seu corpo funciona como uma profecia radiorrealizadora. Todos nós queremos nos sentir confiantes, saudáveis e esbeltos. Mas o medo de engordar gerado por pensamentos que direcionam a atenção para as insatisfações já conhecidas em relação ao próprio corpo – como “não quero mais ter esse peso” ou “não suporto mais essa barriga” – mantém um estado interno negativo, que traz como consequência o aumento da produção de Cortizol (hormônio do stress), afetando a ação do metabolismo. Se a pessoa afirma que quer manter-se magra e tem um sentimento de que não vai conseguir, é a esta dúvida que o seu sistema neurofisiológico vai responder.



Muitas vezes temos sentimentos ou comportamentos que consideramos prejudiciais, e por não ter controle sobre eles, queremos nos livrar daquilo. Um dos princípios da PNL afirma que todo comportamento tem uma intenção positiva; o problema é quando temos a atitude certa no momento errado. Insegurança ou teimosia não são necessariamente ruins, mas devem ser utilizadas apenas nas situações em que são necessárias, como quando nos sentimos ameaçados. Descobrir esse ganho possibilita grandes mudanças internas transformando problemas e limitações em aliados, pois afeta diretamente o nosso estado interno, uma combinação de nossos pensamentos, emoções e sentimentos responsáveis pela nossa maneira de ser e de agir.

imagem mostrando como a programação neurolinguística pode moldar resultados

Técnicas de programação neurolinguística podem ajudar a emagrecer

Estados internos negativos prolongados prejudicam a saúde e alteram a ação do metabolismo. Você pode reprogramar sua mente, fazendo-a passar de um estado negativo para um estado positivo pela simples escolha de palavras e de imagens internas mais adequadas e assertivas. Crie frases motivadoras que sejam congruentes com o processo de emagrecimento, que fortaleçam a crença de que é possível obter o que deseja, como “gosto quando me sinto leve”, “fico motivado quando percebo que já emagreci”, “tenho certeza que a cada dia me tornarei mais confiante” ou “decidi que vou ficar cada vez mais saudável”.



O processo de emagrecimento através de técnicas e estratégias da PNL é principalmente evolutivo e transformador, pois proporciona o aprendizado de novas habilidades comportamentais úteis e saudáveis. Com alguns exercícios e estratégias a pessoa se torna consciente da diferença entre sensação de fome e vontade de comer. Esse processo de conscientização afeta diretamente a relação com a comida, usando a inteligência e o poder de autorregulação do próprio corpo, sem precisar de dietas absurdas, pois o processo começa a acontecer naturalmente. Muita gente acredita que só vai conseguir um corpo saudável com ajuda externa, como técnicas cirúrgicas ou regimes rigorosos. Mas é importante lembrar que a força essencial da vida está dentro do nosso corpo, e não fora dele.


Fonte: Wooz, 14/12/2009

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*