Implante dentário: um guia completo

Dados do Ministério da Saúde apontam que apenas entre as pessoas de 65 a 74 anos cerca de 7 milhões delas precisam de próteses dentárias. No total de brasileiros esse número é bem maior porque muita gente mais nova também apresenta ausência ou falha de dentes devido a acidentes, cáries, problemas médicos, etc.

Prótese dentária durante muitos anos no Brasil foi quase sinônimo de dentadura. Embora resolva o problema, a dentadura causa apreensão em muitos usuários na hora de comer, com medo dela se soltar e causar embaraços. Outra reclamação comum entre os usuários é em relação à limpeza.

Mas hoje em dia uma alternativa superior a dentadura como prótese dentária, o implante dentário, vem ganhando aceitação entre os pacientes devido as inúmeras vantagens que oferece.

Um implante dentário permite:

  • substituir uma dentadura convencional por próteses fixas;
  • estabilizar uma dentadura convencional superior ou inferior;
  • repor um ou mais dentes perdidos, sem desgastar os dentes vizinhos

 Confira abaixo o que é um implante dentário e por que vale a apena colocá-lo:

Como é feito o implante dentário ?

O implante dentário consiste na colocação de um ou mais pequenos cilindros de titânio no osso maxilar ou mandibular no lugar das raízes dos dentes. Por meio desse cilindro, conforme a necessidade do paciente, é instalada a prótese fixa no lugar dos dentes perdidos.

É feita uma cirurgia para colocação dos implantes (pequenos cilindros de titânio).  O risco cirúrgico é mínimo. A cirurgia é feita normalmente com anestesia local.

Após a cirurgia é  necessário que se espere por um período de 3 a 6 meses para que haja a cicatrização óssea e com isso o implante se fixe ao osso. Os implantes servirão como as raízes dos dentes naturais.

 

No implante dentário pequenos cilindros de titânio no osso maxilar ou mandibular no lugar das raízes dos dentes Implante dentário junto a dentes naturais

Sobre eles serão colocadas coroas dentais/ próteses fixas ("dentes")  que podem ser de resina ou de porcelana, sendo que os feitos com essa última substância são os mais indicados.

As coroas dentais são confeccionadas por protéticos, conforme especificação/ molde feito pelo dentista. Em geral é um trabalho bem mais rápido do que a cirurgia para a colocação do implante mas pode demorar algumas semanas entre a confecção de uma coroa, o envio ao dentista para que teste no paciente, o retorno ao protético para finalização e acabamento e o re-envio ao dentista para a colocação final.

Implante dentário: da cirurgia a prótese

Quem pode utilizar um implante dentário ?

Com exceção dos menores de dezoito anos (ver explicação abaixo) qualquer pessoa com falta de um ou mais dentes já tem possibilidade de utilizar um implante dentário. Para se ter certeza da possibilidade de utilizar um implante dentário é necessário uma avaliação radiográfica é física do paciente.

Em alguns casos um dentista especializado em implantes dentários pode perceber a necessidade de um implante apenas olhando uma radiografia da estrutura dentária de um paciente, onde perceberá problemas na raiz do dente

Um fator que pode impedir a colocação de um implante é se o paciente tiver uma perda óssea muito acentuada.

 

Implante dentário não deve ser feito por menores de 18 anos

Muitos jovens querendo ter um sorriso perfeito mais rápido acreditam que podem colocar um implante dentário em substituição ao uso de aparelhos ortodônticos, que demoram mais e tem um lado estético negativo.

Mas em menores de dezoito anos a arcada dentária não está formada por completo. O implante dentário fica em contato direto com o osso, necessita de um espaço correto e ele não pode sofrer alterações depois de colocado. Colocar um implante dentário em um jovem com a arcada dentária ainda não plenamente formada pode causar problemas para ele no futuro.

Uma possibilidade para evitar o lado estético negativo de um aparelho ortodôntico fixo é o aparelho dentário invisível (alinhador removível transparente) que é imperceptível aos olhos. É uma técnica indicada para pequenas correções nos dentes. Embora eficaz, o aparelho invisível ainda não substitui o aparelho fixo em todos os casos. Consulte um dentista especializado para obter informações sobre o uso de um aparelho invisível.

 

Por que preciso de um implante dentário (ou prótese dentária)?

O funcionamento correto dos dentes requer, para funcionarem bem, que estejam em equilíbrio nos arcos dentários superior e inferior, submetidos a um sistema de forças oriundas dos músculos mastigatórios, lábios, bochecha e língua. A perda de um só dente desequilibra esse sistema, e os dentes movimentam-se migrando para compensar a perda.

Espaços são criados, desníveis acontecem, e a mastigação e a estética sofrem. Os dentes precisam ser recolocados para que seja resgatado o equilíbrio mastigatório.

Daí a importância do implante dentário para quem sofreu a perda de dente (s).

 

Vantagens do implante dentário

Mastigação com implante dentário – força muito superior a da dentadura

Pacientes com dentadura mastigam com 20% da força natural dos dentes, enquanto que com os implantes esse número sobe para 85% e pode chegar a 95%.

Na prática, utilizando um implante dentário você não fica impedido de comer nenhum tipo de alimento ou ficar receoso quando o fizer.

 

Implante dentário não causa mau hálito desde que bem feito

O implante dentário quando bem executado comporta-se tal como um dente natural e exige a mesma limpeza deles: escovação, fio dental.

O implante dentário apenas causará mau hálito quando permitir o acúmulo da placa bacteriana. E isso ocorrerá quando estiverem mau adaptados, com material com falta de polimento (poroso). Daí a importância de realizar seu implante dentário com um dentista especializado.

 

Quanto tempo demora para colocar um implante dentário ?

Todo implante dentário envolve um planejamento além de uma avaliação clínica e radiológica por parte do dentista. Após o planejamento e a avaliação clínica, que envolve em média três consultas, é marcada a cirurgia para colocação dos implantes.

Depois da cirurgia são necessário de três a seis meses para a cicatrização óssea, é iniciada a confecção das coroas dentais ("dentes".

Você pode esperar no mínimo um período de 5 a 6 meses para estar com o implante dentário plenamente funcional. Em alguns pacientes, com problemas específicos, esse prazo pode ser muito maior.

Dessa forma nunca imagina que você vai fazer um implante dentário para o Natal, por exemplo: o processo começa bem antes.