Lipoaspiração, você sabia que a lipo não é realizada com a finalidade de emagrecer?

Incontáveis pessoas, principalmente mulheres, já foram submetidas ao procedimento de lipoaspiração no afã de remodelar o corpo e ganhar a tão desejada silhueta corporal, dando fim às indesejáveis gordurinhas localizadas.

Ao contrário do que muitos pensam, a lipoaspiração não é realizada com a finalidade de emagrecer, mas de promover a remoção das gorduras que não respondem aos tratamentos de emagrecimento ou aos exercícios físicos, além de não substituir os bons hábitos de uma dieta equilibrada e a prática de atividade física.

Ocupando o segundo lugar no ranking das Cirurgias Plásticas, segundo Pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica-SBCP/DataFolha, a lipoaspiração, sendo um procedimento cirúgico, requer cuidados como qualquer outra cirurgia não eletiva.

“É importante lembrar que nem todo mundo é um bom candidato para o procedimento. Os pacientes devem ser saudáveis e considerados de baixo risco para passarem por anestesia e cirurgia”, ressalta o médico cirurgião plástico Vitório Maddarena Jr, Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Membro Associado da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e integrante do corpo clínico do Hospital São Luiz.

O médicoVitório Maddarena Jr responde as principais dúvidas sobre a lipoaspiração.

Uma pessoa acima do peso pode realizar uma lipoaspiração?

A lipo não é um tratamento para o sobrepeso e sim para a lipodistrofia (gordura localizada), de tal forma que quanto mais próximo do peso ideal, melhor será o resultado. No entanto, há casos que além do sobrepeso, há lipodistrofia e seu tratamento poderá auxiliar no tratamento de perda de peso, agindo como um estímulo.

Como é feita a cirurgia de lipoaspiração?

A lipoaspiração é feita através de cânulas que sugam a gordura localizada no tecido subcutâneo (logo abaixo da pele e acima dos músculos). São utilizadas cânulas com desenho específico para CADA finalidade.

Quais as mais modernas técnicas para a realização da lipoaspiração?

Entre as técnicas mais modernas está a vibrolipoaspiração tumescente, em que uma solução especial é injetada na região a ser tratada, com o intuito de diminuir a perda sanguínea e facilitar a saída de gordura. As cânulas têm movimentos vibratórios, garantindo melhor desempenho.
Quais são os exames obrigatórios antes de se submeter a uma lipo?
O paciente deve ser submetido a todos os exames que são obrigatórios antes de qualquer outro tipo de cirurgia, além de uma boa avaliação clínica. É com ela que o médico diagnosticará quais são as necessidades específicas de cada pessoa.  Os exames são pedidos caso a caso. O médico, durante a consulta, avaliará quais são os exames necessários.

Para a pessoa obter os resultados da lipoaspiração para o verão, até quando se deve realizar a operação?

Quanto antes fizer, melhor. Não devemos pensar em uma cirurgia para uma determinada temporada ou evento, mas sim como um resultado duradouro para melhorar a qualidade de vida para sempre. Quanto à recuperação, a lipo requer cuidados mais intensos nas primeiras 3 a 6 semanas, dependendo da área tratada.

Quantos quilos ou litros de gordura podem ser retirados do organismo?

Normalmente a gordura é mensurada por volume, e podem ser retirados entre 5% e 7% do peso da pessoa, mas transformando em litros. Numa pessoa de 60Kg, por exemplo, podemos retirar até 3 a 4,2 litros de gordura.

É necessário ficar de repouso após a operação?

O repouso no pós-operatório é relativo, ou seja, não se devem cometer excessos, mas não é necessário (nem recomendado) ficar acamado. No entanto, alguns cuidados devem ser tomados, por exemplo, evitar praticar exercícios físicos pesados, como levantar peso ou fazer longas caminhadas.
É importante ainda observar que surgirão manchas roxas e o paciente deve evitar tomar sol até que elas desapareçam. Além disso, é indicado o uso de malhas de compressão e sessões de drenagem linfática, para amenizar o inchaço e garantir a acomodação dos tecidos.

A lipoaspiração só pode ser feita em hospital?

Assim como cirurgias de porte maior, uma lipoaspiração mais extensa deve ser realizada em ambiente hospitalar, porque ali há infra-estrutura necessária PARA EVITAR as complicações clínicas.

Para a Lipo ser feita numa clínica ou hospital, quais os espaços físicos e equipamentos devem ser considerados necessários?

Temos de pensar na cirurgia em si e na anestesia, bem como no suporte que envolve todas as necessidades de um paciente em pós-operatório imediato. Dessa forma, a necessidade de equipamentos é múltipla para a realização de uma cirurgia com segurança.

Quais os principais riscos de uma lipoaspiração?

Não existe procedimento sem risco. O importante é que todos os perigos sejam conhecidos e que medidas para contorná-los estejam disponíveis, tanto no conhecimento da equipe, COMO NA DISPONIBILIDADE DE instrumental e medicamentos para preveni-los.

Quais são os principais cuidados após a realização da lipoaspiração?

O uso de uma cinta modeladora e de cuidados como não se expor ao sol e de fisioterapia específica são desejáveis para um bom resultado ser atingido.

A lipoaspiração é uma cirurgia como todas as outras e, portanto requer conhecimento e capacidade da equipe que vai executá-la. Assim como normalmente não se procura um ortopedista para receitar óculos, é importante ser atendido por um especialista, que no caso é o cirurgião plástico com título de especialista, no caso da lipoaspiração.

Existem limites a serem respeitados e limitações quanto ao alcance da cirurgia plástica. É importante saber de tudo isso e confiar no médico escolhido. Não há uma relação de causalidade estabelecida, mas não se deve escolher um médico pelo preço, pois em alguns casos um preço mais alto NÃO significa que está caro. Pode ser um preço justo. Depende do que está sendo oferecido.


Fonte: Bem Paraná, 04/03/2010

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*