Não é preciso bomba para não ser franzino

Ter um corpo musculoso é um desejo comum entre muitos jovens. Porém, muitas vezes a distância entre o corpo ideal e o real é tão grande que o sonho até parece impossível. A boa notícia é que é possível alcançar o corpo ideal sem usar anabolizantes, apenas com a combinação correta de alimentação e exercícios. Segundo especialistas, mesmo os mais franzinos podem desenvolver uma musculatura mais avantajada seguindo esse receita.

Antes de iniciar um programa para aumentar a massa muscular, é preciso passar por um treinamento de adaptação, que leva de cinco a dez semanas. E o acompanhamento precisa ser rigoroso, para que a carga elevada de exercícios não cause lesões.

Algumas pessoas conseguem resultados mais rápidos, outras demoram mais. Entram nessa conta a frequência, a intensidade e o tipo de atividade física praticado, além da alimentação, dos hormônios e da genética de cada indivíduo. Mas o importante é não desistir: cedo ou tarde os resultados aparecem.

As primeiras mudanças já podem ser percebidas dentro de quatro meses, mas atingir o objetivo necessário demanda mais dedicação. “O tempo varia muito de pessoa para pessoa, devido a fatores genéticos, mas se o aluno dedicar uma hora por dia de quatro a cinco vezes por semana, em um ano já se nota uma grande diferença em relação ao início do treinamento de musculação”, garante Selmi.

“Qualquer pessoa, desde que não sofra de nenhuma patologia ou doença degenerativa, pode obter ganhos consideráveis de massa muscular com exercícios e dieta adequados”, afirma o personal trainner Juliano Selmi. Mas é preciso muita dedicação e persistência, pois os resultados não aparecem de um dia pro outro – e nem mesmo de um mês pro outro.

“É preciso controlar a ansiedade e se disciplinar pra manter o ritmo e seguir o programa”, testemunha Alessandro Pavani, de 19 anos, que há seis meses começou um programa de exercícios para ganhar massa muscular. Ele tem 1,78m de altura e pesava, antes de começar a musculação, 63kg. “Sempre quis ser mais musculoso, era uma ideia que eu tinha desde os 13 anos, mas era meio preguiçoso pra enfrentar uma academia, e não queria usar bomba”, conta.

O esforço, segundo ele, está valendo a pena: “Eu sei que ainda é cedo, mas acho que já dá pra ver uma diferença. Eu era bem mais ‘magrelo’ e agora já consigo ver os músculos aparecendo”. Pavani frequenta a academia três vezes por semana para realizar seu programa de exercícios, que dura cerca de 50 minutos. Seu treino começa com alongamento e um aquecimento de 15 a 20 minutos na esteira ou na bicicleta. Então ele passa aos exercícios de musculação: “Cada dia eu trabalho um grupo muscular diferente, com séries curtas e pesos mais pesados do que quando eu estava fazendo a adaptação ”, descreve.


Fonte: Uolm Chris Bueno, 06/03/2010

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*