Osteoporose, crianças e adolescentes que tomam cortisona para asma tem mais chance de ter o problema

Crianças e adolescentes que usam cortisona, para asma e artrite reumatóide, de forma prolongada, ou sofrem de algum tipo de doença congênita ou endócrina, têm grande probabilidade de desenvolver a osteoporose.

No caso dessas crianças e adolescentes a prevenção da doença deve começar cedo. Desde a infância deve-se ingerir uma quantidade adequada de cálcio e vitamina D, para a formação de uma boa massa óssea, que vai sendo acumulada ao longo dos anos. Na fase dos 25 aos 30 anos, o índice de massa fica estável e se mantém até a menopausa ou andropausa.

A partir desse período a pessoa começa a perder massa, e se não tiver uma grande quantidade de reserva irá desenvolver a osteoporose. Além da alimentação correta em todas as fases da vida, a atividade física regular também preserva a massa óssea.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*