Ponta dupla no cabelo, um terror para as mulheres

Um dia você acorda atrasada para ir ao trabalho, mas mesmo sem tempo não dispensa a prancha por nada. Afinal, não dá para sair de casa com as pontas dos cabelos arrepiadas. No entanto, a pressa faz com que você desembarace muito rapidamente os fios e passe a prancha quente, repetidas vezes, na mesma mecha … No dia seguinte, porém, além de o cabelo continuar com o mesmo problema, os fios começam a se partir antes de chegar às pontas e, por onde você olha, as mechas estão todas com uma só aparência: opacas, ressecadas e com pontas duplas.

De acordo com o tricologista ( dermatologista especializado em cabelos) Ademir [unior (SP), presidente do Grupo de Assistência a Problemas dos Cabelos (GAPCA), as pontas duplas são a resposta do organismo – no caso os cabelos – às agressões sofridas. “Entre os principais fatores que causam danos aos fios está o excesso de química, como tintura, relaxamento, alisamento, escovas progressivas. Tudo isso além do uso de escovas de plástico, manuseio de secador muito quente e, especialmente, o uso freqüente de chapinha. Somados a eles os fatores externos, como sol, vento, água clorada de piscina ou do mar e a falta de hidratação, não tem jeito, os fios ficam fragilizados”, considera. “Além disso tudo, um erro muíto comum é a pessoa lavar os cabelos freqüentemente com xampu anti-resíduo, sendo que ele deve ser usado no mínimo uma vez por semana e, no máximo, a cada dez dias”, afirma.

Acostumada a lidar com esse tipo de problema com suas clientes, a cabeleireira Aldeni Ribeiro, do Lay Out Cabeleireiros, de São Paulo, afirma que a falta de cuidado com os fios deixa os cabelos fragílízados a ponto de só o corte eliminar as pontas duplas. “Mas se a cliente não usar o xampu adequado, não fizer hidratações semanais nem lançar mão de reparador de pontas à base de silicone e creme para pentear sem enxágüe, o problema vai persistir quando as madeixas crescerem”, avisa.

Os sete erros que você deve evitar

  1. Secar os cabelos com o secador bem quente e lançar mão da chapinha diariamente. Esses dois aparelhos fragilizam muito os fios – que quebram facilmente – se não usados adequadamente;
  2. Ter pressa na hora de desembaraçar. Os fios podem se partir onde se apresentar o nó. Se forem longos e cacheados ou crespos penteie das pontas em direção à raiz;
  3. Fazer coloração ou outra química e não hidratar. A cutícula da fibra. que se abriu para receber a cor ou o relaxamento precisa ser fechada com a aplicação de um produto selador, para recuperar a luminosidade;
  4. Deixar excesso de creme para pentear nas madeixas. Além de torná-los pesados opacos e com aspecto de sujo, prejudica o crescimento;
  5. Abandonar o reparador de pontas.Ele ajuda a prevenir o problema;
  6. Ir para a praia e não usar protetor nos cabelos. Esse tipo de cosmético hidrata e impermeabiliza as mechas evitando os desgastes;
  7. Esfregar o couro cabeludo com as unhas durante a lavagem. Pode ferir a pele. Procure massageá-lo com a ponta dos dedos.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*