Stress no trabalho ? Cuidado, ele anda do lado de doenças cardíacas…

Mulheres com empregos estressantes enfrentam maior risco de desenvolver doenças do coração. De acordo com uma pesquisa dinamarquesa, a chance é 50% mais elevada quando comparada com a de quem considera seu trabalho administrável.

Quem trabalha 10 a 11 horas por dia, vê o risco de sofrer doenças cardíaca aumentar em 60 por cento.

Os cientistas chegaram a essa conclusão ao analisar a saúde de 12.116 enfermeiras com idades entre 45 e 64 no início do estudo. Ao longo dos 15 anos de acompanhamento, 580 participantes foram hospitalizadas com patologias relacionadas ao coração, sendo 138 com ataque cardíaco, 369 com angina e 73 com outros tipos de enfermidades cardíacas.

Mesmo depois de detalhes do estilo de vida, como tabagismo, serem levados em conta, a probabilidade adicional permaneceu elevada: 35%. Yrsa Andersen Hundrup, que conduziu o estudo no Hospital Universitário Glostrup, na Dinamarca, disse ao jornal Daily Mail que as mulheres mais velhas talvez tenham menor risco do que as jovens por terem abandonado suas carreiras.

Entre as explicações para esta relação, está a falta de tempo para exercícios e relaxamento, além do stress, ansiedade e depressão, de que os «trabalhadores compulsivos» são alvo.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*