Tribulus Terrestris, afinal é um Viagra natural, repositor hormonal ou anabolizante?

Quem lê a respeito dessa planta chega a conclusão que é algo revolucionário. Uma planta que promete tanto, a um preço baixo e que pode ser encontrada (sem necessitar receita médica) em qualquer casa de suplementos e produtos naturais, internet e farmácias. É fantástico! Será que ele realmente cumpre o que promete?   Será o fim dos esteróides anabolizantes?

Entre alguns dos benefícios primários prometidos pelo Tribulus Terrestris podemos citar tônico sexual (daí o nome de Viagra natural) e estimulador de produção natural de testosterona.

Mesmo não havendo muitos estudos científicos que comprovem realmente os benefícios do tribulus, acreditamos que algumas pessoas, em especial as de idade mais avançada ou que clinicamente por algum motivo possuam uma baixa produção natural de testosterona, podem obter o benefício prometido do tribulus, e ainda aumento de força e vigor.

A maioria dos praticantes de musculação, adultos e jovens, experimentam muito pouco benefício com o tribulus. Só escuta-se elogios referentes ao tribulus terrestris vindo de vendedores e praticantes iniciantes ou intermediários da musculação.

Hora, ao ingressar na musculação qualquer dieta ou programa de treino fajuto nos da resultados fantásticos. Até mesmo intermediários com boa dieta e treinamento adequado experimentam ótimos resultados, e por que então atribuir esses resultados ao tribulus? Por que não vemos body builders com 50 cm de braço idolatrando o tribulus? Se fosse possível mesmo um aumento dramático da massa muscular, esses produtos já não poderiam terem sido retirado das prateleiras?

Tribulus Terrestris afinal tem tantos benefícios quanto promete

Tribulus Terrestris afinal tem tantos benefícios quanto promete

O tribulus terrestris voltado ao crescimento muscular apresenta irrelevante ou nenhum resultado, principalmente aos esportistas em boas condições de saúde. Quem sabe para outros fins, mas este com certeza não.

Alguns usuários de anabolizantes procuram fazer uso do tribulus terrestris ao final de um ciclo de esteróides com o intuito de reposição hormonal, e não ganho de massa muscular.

Como a produção natural de hormônios é suprimida, a idéia era que o tribulus terrestris pudesse naturalmente normalizar essa produção, na chamada terapia pós ciclo (TPC). Embora não há nenhum estudo que comprove a eficiência do tribulus, algumas pessoas experimentam por conta e risco próprios e, afirmam bons resultados nesta normalização dos níveis hormonais.

Efeito placebo a parte, muito pouco deles fizeram realmente um acompanhamento médico durante seu ciclo ou exame para constatar tal fato. As informações são jogadas ao vendo e se tornam verdade absoluta com base em nada