Veja a melhor atividade física para a mulher, conforme a idade

Está mais do que provado que a prática regular de exercícios físicos faz bem aos músculos e à mente.

Mas a cada faixa etária, o corpo tem necessidades – e desgastes – diferentes. Veja aqui quais são as atividades mais indicadas para cada idade.

Atividade física dos 20 aos 30

Nessa fase, os músculos, ligamentos e articulações estão a todo vapor. Vale apostar nas aulas de musculação aliadas aos exercícios aeróbios, como corrida e caminhada ou em atividades dinâmicas como as aulas de step, box, spinning, jump e até escalada indoor para os adeptos dos esportes radicais.

A não ser que existam restrições médicas, como problemas nas articulações dos membros inferiores, que não suportam sobrecarga de peso, todas as atividades físicas são bem-vindas.

Atividade física dos 30 aos 40

Yoga, pilates, alongamento são atividades que vão deixar o corpo tonificado, protegido e flexível. A partir dos 25 anos, a mulher perde 1% da capacidade aeróbica por ano de vida, os exercícios regulares atenuam essa queda. As atividades de alongamento impedem que articulações e ligamentos percam a flexibilidade e dificultem movimentos ao longo dos anos.

Atividade física dos 40 aos 60

Nas mulheres, a faixa etária de 45 a 58 anos é marcada pelo aparecimento da menopausa. Estudos comprovam que a prática de exercícios nessa fase é benéfica para afastar desprazeres como apatia, insônia e dor de cabeça, além de diminuir a incidência de diabete, câncer e problemas cardíacos. Mesmo que o ponteiro da balança continue na mesma, malhar ajuda a queimar a gordura abdominal a grande vilã desses problemas.

Caminhada, uma boa atividade física para mulheres entre os 40 e 60 anos

O mais indicado são exercícios de fortalecimento, como caminhada ou musculação. O exercício estimula a renovação dos ossos e previne a osteoporose.  Exercícios específicos que melhoraram a musculatura do abdômen e do assoalho pélvico, também auxiliam diminuição dos casos de incontinência urinária.

Atividade física após os 60 anos

Natação e hidroginástica são as atividades mais recomendadas nesse período. Isso porque a água reduz o impacto sobre as estruturas ósseas e articulações. A sobrecarga é prejudicial diante de problemas como osteoporose e artrose. A musculação assistida também é indicada para dar força aos músculos e reduzir a perda de massa óssea.


Fonte: belezaestiloemoda.blogspot.com, Marcio Ponti, adaptado

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*