Coceira, possíveis doenças e tratamentos

Descrição de Coceira

Sensação subjetiva que provoca um desejo irresistível de coçar-se. Ela pode ter as seguintes causas:

  • Pele: Psoríase, Urticaria;
  • Couro Cabeludo: Caspa, Parasitas;
  • Nariz: Parasitas;
  • Vulva: Micoses.

A coceira pode ser sintoma de:

Psoríase

Doença da pele que apresenta, no início, o aparecimento de placas vermelhas que descamam, assemelhando-se posteriormente a manchas de vela.

Urticária

Aparecimento repentino de pequenas manchas vermelhas sobre a pele, semelhantes a picadas de urtiga.

Foro mostrando a pele com coceira
A coceira pode ter diferentes causas e há tratamentos específicos para cada uma delas

Caspa

Descamação do couro cabeludo

Parasitas

Fungos ou animais que podem viver às expensas do homem, instalando-se tanto na sua parte interna como na externa.

Micoses

Doenças produzidas por fungos microscópicos.

Tratamentos naturais da coceira

Acupuntura

Tratamento por excelência para as coceiras de origem alérgica.

Climatoterapia

Tratamentos solares, de preferência com o corpo nu, metódicos e progressivos.

Dieta

Alimentação rica em vitamina A; fígado de vitela ou bofe; óleo de fígado de peixe; peixes, ovos; batatas, espinafre; queijo, manteiga

Fitoterapia

  • Agave (Sisal): Picar uma folha e ferver com litros de água, coar e lavar as partes afetadas.
  • Assa peixe: Ferver 50 gramas de folhas com 5 litros de água, coar e lavar as partes afetadas.

Hidroterapia

Tratamentos termais a critério médico.

Homeopatia

  • Dolichos pruriens D3 (líquido): 20 gotas, 2 vezes ao dia.
  • Urtiga urens D3 (líquido): 20 gotas, 2 vezes ao dia, alternando-­se com o primeiro remédio.

Tratamentos diversos da coceira

Tratamento com cloreto de magnésio

Misturar 20 g em l litro de água alcalina; tomar 1/2 capo ­pela manhã em jejum, até terminar o litro; tratamento para ser refeito a cada 3 meses.

Todas as manhàs, tomar água argilosa, adicionando, na hora, 10 gotas de suco de limão.

Para os cuidados da pele

Suspender o uso de sabonete; lavar partes afetadas com a seguinte solução:

  • 1/3 de vinagre de sidra;
  • 1/3 de decocção de amieiro preto;
  • 1/3 de óleo de amêndoa doce

Misturar bem.

Cobrir a parte afetada com um tampão

Aplicar uma pomada feita da mistura de argila verde em pó fino com óleo de oliva ou de fígado de bacalhau.

Voltar ao índice de Sintomas, possíveis doenças e tratamentos sugeridos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *