Como a acupuntura é aplicada

Como a teoria da acupuntura baseia-se na busca do equilíbrio funcional entre as duas faces da mesma força que atua no organismo, o Yang e o Yin, o médico procurará acelerar o funcionamento de um órgão ou sistema ou de retardá-lo, conforme o caso clínico.

No caso de ser necessário acelerar um órgão ou sistema, serão perfurados os pontos chamados tonificantes e no caso de retardar, os chamados pontos de dispersão.

A duração da picada irá varias conforme o tipo de agulha empregada ou de acordo com o distúrbio a ser curado. Em princípio o tempo é de três a cinco minutos no local mas o médico precisa se orientar pela resposta da pulsação correspondente ao órgão que está sendo tratado: se houver uma modificação do ritmo ou do valor energético, retira-se a agulha uma vez que o objetivo foi atingido.

Na prática, um médico precisa dominar pelo menos 120 pontos de acupuntura, sendo fundamental localizá-los com precisão. Para isso, é necessário confecção de mapas, desenhos e modelos anatômicos, que passaram a ter grande utilidade na rotina diária.



Quanto à quantidade de sessões de acupuntura, elas dependerão dos resultados obtidos, mas o médico especializado é o único responsável quanto ao tempo de tratamento.

Modalidades da acupuntura

A agulha de acupuntura é um dos instrumentos desenvolvidos pela Medicina Tradicional Chinesa. Como recurso terapêutico, em determinados casos, pode ser associada a outros métodos:

  • Eletroacupuntura: utiliza a eletricidade para estimular os pontos da acupuntura. É indicada para tratar tensão muscular intensa, dor crônica ou para anestesia (hipoalgia). Em geral são utilizados dois tipos de estímulos alternados, de freqüência de 2 Hz e 100 Hz. O primeiro exerce efeito analgésico prolongado e cumulativo, e o segundo, efeito analgésico rápido e de curta duração. O aparelho TENS, usado em fisioterapia, é derivado do aparelho de eletroacupuntura, entretanto o efeito do segundo é melhor.
  • Acupuntura a laser: sua utilização é contraditória. A eficácia da acupuntura depende da intensidade de estímulos nas terminações nervosas. O raio laser apresenta pequeno efeito terapêutico, pois sua penetração é menor e o estímulo é fraco. Assim fica reservado para ser usado em crianças menores, em alguns casos de dor nas mãos ou nos pés e em indivíduos com pavor de agulhas.
  • Ventosa: recipiente de vidro ou plástico semelhante a um copo, no interior do qual é produzido vácuo para prendê-lo à superfície do corpo. Exerce efeito relaxante muscular e analgésico.
  • Moxaibustão: mecha de fibras secas de artemísia, também em forma de bastão, que, ao queimar-se, aquece os pontos de acupuntura. É aplicada em pacientes com doenças crônicas ou enfraquecidos.
Imagem da Moxabustão, uma das modalidades da acupuntura
Moxabustão, uma das modalidades da acupuntura
[wpb-product-slider posts="12" title="Compre em nossa loja"]

Estas três últimas modalidades da acupuntura podem ser aplicadas sem a necessidade de agulha. São indolores.



Dicas do Natural & Bela para após a sessão de acupuntura

A acupuntura não tem efeito colateral. Cerca de 40% dos pacientes apresentam relaxamento profundo e até sonolência.

No entanto, após uma sessão, pode surgir pequenos hematomas devido a punção de pele em alguns pontos, que desaparecem em poucas horas a dias.

Pode também haver uma pequena dor local após a estimulação de alguns pontos mais profundos. O uso de uma bolsa de água quente ou gelo é suficiente para o alívio dessa pequena dor.

Para relaxar completamente e manter a pele perfeita após a sessão recomendamos o uso de óleos corporais e hidratantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *