A conduta do tratamento com talassoterapia

Para a pessoa que ainda não estiver adaptada ao clima marinho, sobretudo se se tratar de um convalescente, de uma criança de pouca idade ou de uma pessoa idosa, é aconselhável, durante os dois ou três primeiros dias apos sua chegada, contentar-se com um simples banho de ar e de sol. Os primeiros banhos de mar propriamente ditos deverão ser feitos de preferência no começo da manhã; sua duração devera ser relativamente curta: no inicio, de 4 a 5 minutos, para chegar progressivamente aos 15 ou 20 minutos.

Por outra lado, para que o banho de mar produza um máxino de efeitos benéficos, convém prevenir-se com um aquecimento de todo o corpo (fazendo previamente alguns exercícios físicos), e depois entrar rapidamente na água, mergulhando todo o corpo.

Uma vez na água, não se deve permanecer imóvel. Os melhores movimentos a serem praticados são os proporcionados pela natação; esse esporte favorece tanto o desenvolvimento muscular como os movimentos do coração.

Após o banho, para que obtenha uma boa reação (manifestada através de uma sensação de bem-estar), o indivíduo deve secar-se ao sol, sobre a areia seca. Uma caminhada moderada ao longo da praia, seguida de exercícios respiratórios, também é aconselhável.

Fazer pedidos de produtos da Avon;

Fazer pedidos de produtos da Natura;

Fazer pedidos de produtos do O Boticário;

[wpb-product-slider posts="12" title="Compre em nossa loja"]

Visitar a loja do Natural & Bela

 

As contra-indicações da talassoterapia

O tratamento marinho, todavia, comporta um certo numero de restrições.

Os indivíduos que sofrem de graves doenças cardíacas, renais ou hepáticas, os hipertensos crônicos, os que sofrem de hipertireoidismo, os doentes de flebite, verão seu estado de saudê agravar-se após uma estada à beira-mar ou apos uma balneação feita sem qualquer supervisão médica.

Do mesmo modo, certos climas marinhos intensos demais são desaconselhados aos tuberculosos pulmonares que correm o risco de sérios agravamentos, sobretudo se se expuserem ao sol.

 

Voltar ao índice de Talassoterapia

Deixe uma resposta