Propriedades Terapêuticas da Balneoterapia

Vamos aqui adiantar apenas algumas das virtudes da balneoterapia. Quando falarmos individualmente de cada doença, mencionaremos especificamente como deve ser feito o tratamento de balneoterapia para ela.

Efeitos preventivos da balneoterapia

A balneoterapia, sob todas as formas, permite adquirir uma certa resistência as condições físicas exteriores, indispensável para combater as agressões microbianas e viróticas e para manter a forma. Além do mais, ela representa um excelente meio de luta contra o envelhecimento precoce.

Efeitos curativos da balneoterapia

Estes interessam a maioria das grandes. A balneoterapia, quando feita com o objetivo de tratamento, será prescrita juntamente com outras opções terapêuticas, para toda uma série de distúrbios que afetam os grandes sistemas do organismo.

Doenças do Sistema Respiratório:

A balneoterapia será indicada em casos de bronquite, de enfisema e de asma.

Doenças do Sistema Circulatório

Salvo contraindicações, as aplicações de água, de ar e de sol serão benéficas para os indivíduos que sofrem de cardiopatia, de modificações da pressão arterial e de distúrbios da circulação venosa.



Doenças do Sistema Digestivo

A balneoterapia pode ser aplicada com sucesso em doentes que sofrem de distúrbios dispépticos, de cãibras de estômago, de leve insuficiência hepática e de litíase biliar.

Doenças do Sistema Geniturinário

[wpb-product-slider posts="12" title="Compre em nossa loja"]

As nefrites crônicas e os cálculos dos rins ou da bexiga poderão ser tratados pela balneoterapia em todas as suas formas; o mesmo é válido para a mulher, no caso de afecções ginecológicas, e para os homens, em distúrbios que afetam a próstata.

Foto mostrando pessoa se submetendo à tratamento de balneoterapia
A balneoterapia pode ajudar na cura de várias doenças

Doenças do Sistema Nervoso

Por suas propriedades sedativas e euforizantes, a utilização dos banhos de água, de ar ou de sol é indicada aos insones e aos deprimidos.

Doenças relacionadas ao Metabolismo

Entre aquelas possíveis de serem tratadas pela balneoterapia, destacamos a artrose, a gota, a obesidade e o raquitismo.

Contraindicações da Balneoterapia

Não são muitas, mas devem ser respeitadas em certos casos para evitar o aparecimento de reações desfavoráveis ao estado de saúde dos doentes, o que viria a contrariar a finalidade do tratamento.

Banhos Frios

Devem ser evitados pelas pessoas com fadiga física ou moral, sobretudo se se tratarem de banhos completos. Neste caso, é preferível começar por habituar-se ao contato com a água fria, limitando-se, de início, a imergir apenas os pês para chegar aos poucos a um banho mais completo;



Banhos Quentes

Naturalmente, devem ser proibidos aos cardíacos e aos portadores de varizes nas pernas;

Banhos de Sol

Além das precauções indispensáveis a todas as pessoas quanto á exposição solar, a prática da helioterapia é desaconselhada aos hipertensos e aos que sofrem de arteriosclerose, ao doente que padece de cardiopatia grave ou de doença de Basedow, assim como aqueles que sofrem de insuficiência hepática. Em todos esses casos, e antes mesmo de iniciar uma cura solar, será prudente pedir a opinião do médico que acompanha o tratamento.

Lembramos também da necessidade do uso de protetores solares com FPS moderado (30, por exemplo) durante o banho de sol.

Deixe uma resposta