Suplementos alimentares: saudáveis ou não?

Muita gente torce o nariz para a grande de potes de suplementos alimentares vendidos em academias de ginástica e lojas especializadas, mas eles não são necessariamente os vilões da saúde. Com o uso recomendado e acompanhado de perto por um nutricionista, substâncias à base de carboidratos, proteínas e aminoácidos podem auxiliar no ganho de massa corporal, no emagrecimento ou na boa saúde da pele.

A nutricionista especializada em suplementação Glaucia Scaff, da Cabana do Atleta, ajuda a desmistificar os suplementos. “Eles são compostos de substâncias necessárias ao nosso organismo”, diz. “A principal fonte desses elementos é a alimentação. Porém, o corpo pode exigir mais do que consumimos, principalmente nas atividades físicas. É aí que entram os suplementos.”

E vale lembrar: eles não são de uso exclusivo de atletas profissionais. Mesmo quem pratica atividades físicas – qualquer uma delas, como corridas, musculação, natação – de forma moderada, mas com regularidade, pode se beneficiar. Já para os sedentários, não tem jeito. “Só mesmo quem tem problemas nutricionais pode consumi-los (com recomendação médica) sem praticar exercício algum”, explica Regina Cerrato, nutricionista da clínica NutriForm.

Mas antes de sair comprando, é preciso muita atenção. Como tudo em excesso, os suplementos alimentares podem ser prejudiciais se consumidos desordenadamente, por longo período e sem supervisão. “Eles são indicados, via de regra, para quem pratica atividades físicas de forma regular. Ingerir uma grande carga sem queimá-la de alguma forma pode gerar riscos para diversos órgãos”, diz Re­­gina, que indica: é indispensável uma visita ao nutricionista antes de consumi-los.

 


Fonte: Gazeta do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *